Notícias | Dia a dia
Wild consegue a 8ª vitória seguida, Menezes cai
06/11/2019 às 16h57

Wild conquistou seu primeiro challenger no último domingo e segue em boa fase

Foto: Divulgação

Montevidéu (Uruguai) - O ótimo momento de Thiago Wild na série de challengers sul-americanos continuou nesta quarta-feira. Vindo da conquista de seu maior título em Guayaquil, ele venceu seu oitavo jogo seguido no circuito e garantiu vaga nas oitavas de final do challenger de Montevidéu. Wild superou o alemão Yannick Hanfmann, número 171 do mundo, por 7/5, 4/6 e 6/3 em 2h07 de jogo.

Já com duas vitórias em Montevidéu, Wild garante sete pontos na ATP. Como precisa descartar apenas três, de seu 18º e último resultado válido, pode novamente superar o melhor ranking da carreira. O jovem paranaense de 19 anos assumiu o 235º lugar na última segunda-feira, saltando 76 posições em relação à semana anterior.

A vitória desta quarta-feira foi a 29ª em challengers na temporada para Wild. Também em 2019, o jovem jogador venceu seu primeiro jogo de ATP no Brasil Open, em São Paulo, chegou às quartas em dois challengers e ainda ganhou um título de nível future na França. Ele iniciou a temporada ocupando apenas o 449º lugar do ranking.

Em busca de um lugar nas quartas de final do torneio na capital uruguaia, Wild enfrentará o argentino Federico Coria. O duelo contra o rival de 27 anos e número 115 do mundo é inédito no circuito e vale 15 pontos no ranking mundial.

Menezes e Sakamoto caem na segunda fase
Wild se junta ao gaúcho Guilherme Clezar entre os brasileiros garantidos nas oitavas de final do torneio. Clezar venceu um duelo nacional de 2h55 contra Thiago Monteiro por 7/6 (8-6), 6/7 (6-8) e 6/3. O gaúcho de 26 anos e 318º do ranking agora enfrenta o argentino Andrea Collarini, 205º colocado. 

Outros dois brasileiros foram eliminados nesta quarta-feira. João Menezes, 191º do ranking, não confirmou seu favoritismo e foi eliminado na estreia. Cabeça de chave número 12, o mineiro de 22 anos perdeu para o convidado argentino Juan Manuel Cerundolo, canhoto de 17 anos e 483º do ranking, por 7/6 (7-4) e 7/5.

Também nesta quarta-feira, o paulista Pedro Sakamoto se despediu da competição. Algoz de Orlando Luz na rodada de estreia, Sakamoto perdeu por duplo 6/2 para o eslovaco Andrej Martin, número 113 do mundo. O jogador de 26 anos e atual 341º colocado está com o melhor ranking nesta semana. Por ter vencido um jogo no torneio, ele fará mais três pontos na ATP.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis