Notícias | Outros
'Raquetes para a Vida' recebe apoio e busca expansão
08/11/2019 às 15h35

Adriany Carvalho quer democratizar o acesso ao tênis dando oportunidade a todos de se desenvolver por meio do esporte

Foto: Divulgação

Santana de Parnaíba (SP) – Lançado em agosto, o projeto socioeducativo Raquetes para a Vida atende 136 crianças, entre 6 e 10 anos de idade, em parceria com a Escola Municipal Aurélio Gianini Teixeira, em Santana de Parnaíba, que cede o espaço ao projeto e seus alunos.

A iniciativa foi idealizada pelo técnico Adriany Carvalho, de 47 anos, bastante conhecido na região de Barueri e Santana de Parnaíba, em São Paulo, onde atua a maior parte do tempo. A meta é chegar a 200 crianças atendidas no ano que vem.

O treinador é filho de retirantes da seca que se mudaram para São Paulo em busca de oportunidades. Entrou no tênis como pegador de bola, mostrou talento e em pouco tempo, começou a competir e a viajar para disputar torneios e evoluir. Como tantos outros, passou por dificuldades até conseguir patrocínio para as despesas. Conseguiu sucesso como juvenil, chegando a representar o estado de São Paulo e o Brasil em competições por equipe. Aos 17 anos, alcançou a 1ª Classe na Federação Paulista.

Agora, Adriany Carvalho, responsável técnico da Tennis Coach Alphaville, quer devolver à sociedade as oportunidades e valores que o tênis deu a ele através do Raquetes Para a Vida, que proporciona aulas gratuitas de tênis para crianças da Rede Municipal de Ensino. "No início, dormi em muitas rodoviárias, vestiários de clubes e academias, casas de pessoas que me acolhiam. Muitas dessas pessoas fizeram diferença na minha vida. Hoje, posso retribuir o que recebi, trabalhando na inclusão pelo esporte”, comentou Adriany.

Para colocar o projeto de pé, Adriany arcou com a compra de todos os equipamentos necessários, como as redes, raquetes, materiais pedagógicos e bolas, além da folha de pagamento dos professores. Só recentemente, ele conseguiu dois patrocinadores (Diase Construtora e a Trumpf Máquinas Indústria e Comércio), o que permitiu aumentar o número de atendimentos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis