Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Zverev: 'Teremos surpresas nos próximos anos'
09/11/2019 às 12h46

Zverev acredita que a nova geração vem cada vez mais forte para desbancar o domínio do atual top 3

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Atual campeão do ATP Finals, Alexander Zverev aposta que os próximos anos serão de muitas surpresas no circuito. O alemão de 22 anos acredita que a nova geração vem cada vez mais forte para desbancar o domínio de Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer nos principais torneios do circuito. O grupo de Zverev no Finals tem mais dois nomes da nova geração, o russo de 23 anos Daniil Medvedev e o grego de 21 anos Stefanos Tsitsipas.

"Os próximos dois ou três anos serão muito emocionantes. Vão acontecer resultados inesperados e alguns de nós ganharão grandes torneios, o que não vemos há 10 ou 15 anos. Você ainda terá Roger, Rafa e Novak, que ainda são consistentemente melhores do que nós, um fato verdadeiro, e os jovens que estão melhorando rapidamente", disse Zverev, que enfrentará Nadal em sua partida de estreia no Finals, na próxima segunda-feira.

"Alguns dos jovens ainda não estão aqui, mas há um grupo muito forte da nova geração. Dois anos atrás, quando joguei aqui pela primeira vez, não esperava chegar aqui tão rapidamente. Agora, temos o Daniil [Medvedev] que teve um ano incrível, e que talvez tenha sido uma surpresa para muitas pessoas, e caras como o [Denis] Shapovalov, que agora está jogando ótimo tênis. Acho que veremos mais surpresas", comenta o alemão, que disputa o Finals pela terceira vez na carreira.

Vencedor de onze torneios na ATP, incluindo o Finals do ano passado e três Masters 1000, Zverev venceu apenas um torneio neste ano, no saibro de Genebra. Ele também conseguiu conseguiu alguns bons resultados já na reta final do ano, como a semifinal em Pequim e o vice-campeonato em Xangai.

"Como todo mundo provavelmente sabe, eu não tive minha melhor temporada, mas ainda estou entre os oito melhores do mundo", avalia o sétimo colocado no ranking mundial. "Muitas pessoas sonham com isso. Então, estar com esses caras é uma honra inacreditável. Eu queria voltar aqui e me dar a chance de manter meu título. Mas também quero fazer boas partidas".

Comentários