Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Vitória deixa Nadal mais perto de manter o nº 1
13/11/2019 às 19h03

Vitória de Nadal obriga Djokovic a conquistar o título na disputa pela liderança do ranking

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - A vitória na segunda rodada do ATP Finals foi de fundamental importância para Rafael Nadal na tentativa de manter a liderança do ranking mundial. Com uma vitória e uma derrota em Londres, o atual número 1 está mantendo os 640 pontos de vantagem para o segundo colocado Novak Djokovic, que faz a mesma campanha até aqui.

Nadal garantiu mais 200 pontos no ranking mundial depois de superar o russo Daniil Medvedev por 6/7 (3-7), 6/3 e 7/6 (7-4) nesta quarta-feira. Dessa forma, ele já obriga Djokovic a conquistar o título para recuperar a liderança. Se o espanhol perdesse os três jogos da fase de grupos ou desistisse do torneio, o sérvio poderia assumir a liderança chegando à final em Londres.

Com a vitória de Stefanos Tsitsipas sobre Alexander Zverev por 6/3 e 6/2, não há mais chance de um duelo entre Nadal e Djokovic na final do torneio em Londres. Os dois rivais só poderiam se enfrentar em uma eventual semi. Dessa forma, apenas o único cenário que possibilita a volta do sérvio à primeira posição é com o título de Djokovic, já que Nadal não chegaria à final. Nesse cenário, o sérvio faria 1.300 pontos, enquanto o espanhol faria no máximo 400.

Em número de semanas na liderança, Djokovic acumula 275 contra 198 de Nadal. O sérvio já terminou cinco temporadas distintas como número 1 do mundo, enquanto o espanhol foi o líder ao fim de quatro anos diferentes. Pete Sampras foi único homem a encerrar seis anos diferentes na liderança, marca que o sérvio tenta alcançar. Já em número de semanas, o recordista é Roger Federer, com 310 no total.

Comentários