Notícias | Copa Davis
Nadal vence fácil e força a definição nas duplas
22/11/2019 às 17h56

Espanhol dominou a partida desde o começo e cedeu apenas três games

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Rafael Nadal entrou em quadra nesta sexta-feira com a obrigação de vencer para manter a Espanha viva na disputa pelo título da Copa Davis. Após a vitória do argentino Guido Pella sobre Pablo Carreño Busta em três sets, Nadal precisava superar Diego Schwartzman para empatar a série contra a Argentina em Madri. O número 1 do mundo não decepcionou e fez 6/1 e 6/2 contra o atual 14º do ranking em apenas 60 minutos.

Nadal mantém a escrita de nunca ter perdido para Schwartzman. O espanhol venceu todos os nove duelos que fez contra o rival argentino de 27 anos. De quebra, o canhoto de 33 anos conseguiu sua 27ª vitória consecutiva em jogos de simples pela Copa Davis. Sua única derrota pela competição aconteceu justamente na estreia, em 2004.

A disputa na Caixa Mágica em Madri será definida na partida de duplas. A princípio, a Espanha deverá contar com Feliciano López e Marcel Granollers, mas o próprio Nadal está à disposição do capitão Sergi Bruguera. Já a Argentina deve contar com os experientes Leonardo Mayer e Maximo Gonzalez. Quem vencer encara a Grã-Bretanha na semifinal de sábado.

Durante a semana em Madri, Nadal não perdeu sets e sequer teve o serviço quebrado. Foi assim contra o russo Karen Khachanov, o croata Borna Gojo e agora também contra Schwartzman. Ele também fez uma partida de duplas ao lado de Granollers contra a Croácia. Eles superaram os croatas Ivan Dodig e Mate Pavic.

Nadal disparou oito aces na partida, não enfrentou break points e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço. O espanhol conseguiu quatro quebras na partida, duas em cada set, depois de criar sete oportunidades ao longo do jogo. O atleta da casa liderou a contagem de winners por 19 a 6 e cometeu 10 erros contra 15 do rival.

Comentários