Notícias | Dia a dia
Berdych: 'Faltou experiência em Wimbledon 2010'
01/12/2019 às 13h51

Praga (República Tcheca) - Em entrevista à mídia tcheca, o ex-número 4 do mundo Tomas Berdych falou sobre o vice-campeonato de Wimbledon em 2010, única final de Grand Slam que disputou na carreira. Ele lamentou a falta de experiência no momento e disse que isso atrapalhou seu desempenho no duelo decisivo contra o espanhol Rafael Nadal.

“A experiência foi muito importante. Eu venci (Novak) Djokovic e (Roger) Federer, mas não consegui passar por Nadal”, analisou o tcheco, que em sua campanha rumo à decisão havia superado o suíço nas quartas de final e o sérvio nas semifinais, perdendo apenas um set nestas duas partidas.

Questionado sobre o porquê de nunca ter trabalhado com o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl, ele foi curto e grosso. “Nós nos comunicamos com frequência, mas não deu certo, eu respeito sua decisão e não quero falar mais sobre isso”.

Recém-aposentado do circuito, tendo oficializado o adeus em uma cerimônia durante o ATP Finals, o tcheco de 34 anos contou sobre a decisão de parar. “Depois de voltar do US Open, senti dentro de mim como se uma vela tivesse se apagado. Não estava mais acendendo o fogo e até minha esposa viu que estava diferente”, contou Berdych.

Sua última partida como profissional acabou sendo a derrota na primeira rodada do Grand Slam norte-americano, caindo em quatro sets para o desconhecido atleta da casa Jenson Brooksby. Na temporada de 2019, Berdych somou apenas 13 vitórias em nove torneios disputados, tendo como principal resultado o vice no ATP 250 de Doha, na primeira semana do ano.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis