Notícias | Dia a dia | Australian Open
Em estreia tranquila, Federer bate recorde de Hewitt
20/01/2020 às 01h54

Melbourne (Austrália) - O suíço Roger Federer não teve grande dificuldade para vencer seu primeiro jogo na temporada. Começando 2020 direto no Australian Open, o atual número 3 do mundo encontrou pouca resistência do norte-americano Steve Johnson, que assim como nos outros dois embates anteriores, acabou derrotado em sets diretos, caindo com placar de 6/3, 6/2 e 6/2, após 1h22 de jogo.

Ao entrar em quadra nesta segunda-feira, o tenista da Basileia quebrou o recorde do australiano Lleyton Hewitt e se tornou o tenista com mais participações na competição, com 21 aparições. E assim como fez nas outras 20, também passou pela primeira rodada. Depois dele, a melhor marca é de 14 segundas rodadas seguidas de Tomas Berdych, Wayne Ferreira e Stan Wawrinka.

O próximo adversário de Federer no Melbourne Park sairá da partida entre o francês Quentin Halys, vindo do quali, e o sérvio Filip Krajinovic, que estavam em ação na quadra 22 quando veio a chuva que paralisou a rodada. Apenas os jogos nos três principais palcos da competição, que contam com teto retrátil, seguiram normalmente.

Disputando um Grand Slam pela 79ª vez, o suíço não perde em uma estreia desde a queda na primeira rodada de Roland Garros em 2003. No Australian Open, ele nunca caiu frente um adversário com ranking pior do que o 54º colocado Arnaud Clement, seu algoz na terceira rodada de 2000. Federer manteve as escritas vivas contra um Johnson que não o incomodou em momento algum.

A primeira quebra da partida veio logo no segundo game, com Federer abrindo 3/0 após salvar um break-point. Ele administrou vantagem até o fim e marcou 1 a 0 sem dificuldade. O segundo set foi ainda mais tranquilo, com o suíço vencendo os quatro primeiros games e seguindo na frente até o fim. Um break logo na abertura da terceira parcial, deixou o tenista da Basileia com um pé na segunda rodada.

Afiado nos serviços, Federer terminou a partida com 10 aces e aproveitamento de 80%, não sofrendo uma quebra sequer. Ele ainda anotou mais uma quebra no terceiro set antes de sacramentar o triunfo sobre Johnson, fechando o embate com 30 bolas vencedoras e 13 erros não forçados contra 14 winners e 15 erros do norte-americano.

Comentários