Notícias | Dia a dia
Hewitt vê Djokovic e Thiem desafiando Nadal em RG
14/02/2020 às 11h11

Adelaide (Austrália) - Maior campeão no saibro de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal mais uma vez chegará ao Grand Slam francês como o nome a ser batido. Para o ex-número 1 do mundo Lleyton Hewitt, o canhoto de Mallorca segue como o principal favorito na competição, mas acredita também que a distância para os demais está cada vez menor, principalmente em relação ao sérvio Novak Djokovic e ao austríaco Dominic Thiem.

"Ano após ano especula-se que poderá ser a decadência de Nadal na terra batida, mas sempre ele acaba se superando. Em 2019, ele não começou da melhor maneira possível, só que deu a volta por cima e terminou em grande estilo. Ele ainda é o grande favorito em 2020, à frente do resto, só que vai precisar trabalhar mais se quiser continuar expandindo sua marca no torneio”, disse Hewitt em entrevista ao Tennis Head.

Para o australiano, existem dois jogadores que podem vencer Nadal em Roland Garros e um deles é Djokovic. “O tenista sérvio sabe como vencer em Paris e também já disputou algumas finais. Ele conhece muito bem o torneio e é um dos poucos jogadores que conseguiu ganhar de Rafa na competição. Tudo dependerá de como será sua preparação, mas não tenho dúvidas de que Djokovic estará entre os favoritos”, analisou.

Outro candidato a destronar o dono de 12 títulos no saibro parisiense é Thiem, vice-campeão das duas últimas edições. “Para mim ele é o terceiro favorito a vencer em Roland Garros”, opinou Hewitt. “Ele é colocado como o sucessor de Nadal no saibro e geralmente colhe bons resultados neste piso. Está preparando um calendário muito inteligente, a fim de não se cansar demais para a disputa”, completou o australiano.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis