Notícias | Outros
'Raquetes para a Vida' leva crianças ao Rio Open
21/02/2020 às 08h13

Rio de Janeiro (RJ) – O projeto social “Raquetes Para a Vida” levou, nesta segunda-feira, cinco crianças da Escola Municipal Aurélio Gianini Texeira, do bairro Cururuaquara, em Santana de Paranaíba, para conhecer de perto o Rio Open e alguns dos jogadores, entre eles o austríaco Dominic Thiem, atual nº 4 do mundo, a quem puderem ver treinando. Thiem se mostrou contente com a alegria das crianças. Elas também tiveram uma recepção calorosa de Fernando Meligeni e puderam acompanhar o primeiro set do jogo entre o brasileiro Thiago Wild e o espanhol Alejandro Davidovich, na quadra principal.

As cinco crianças, seus responsáveis, a diretora da escola e três professores de tênis também tiveram a oportunidade de conhecer o principal ponto turístico do Rio, o Cristo Redentor, onde foram recebidos pela equipe de comunicação do projeto social. Os atletas do futuro ficaram impressionados com a magnitude de umas das sete maravilhas do mundo moderno. Depois tiveram o prazer de fazer o passeio de bonde do Pão de Açúcar e no caminho passaram pelo Sambódromo.

Para o idealizador do projeto Raquetes Para a Vida, Adriany Carvalho, essa experiência faz uma diferença transformadora na vida dessas crianças e suas famílias. O projeto “Raquetes Para a Vida” conta com o patrocínio da Diase Construtora, Trumpf, On Line SAC, Head Confecção e apoio da Secretaria Municipal de Ensino, Prefeitura Municipal e amigos que, conhecendo o projeto e a história do idealizador, ajudam de forma voluntária.

Veja as fotos
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis