Notícias | Dia a dia
Aliassime salva o dia dos canadenses e avança
21/02/2020 às 18h54

Aliassime ainda sonha com o primeiro título de ATP e tenta alcançar sua quinta final no circuito

Foto: Divulgação

Marselha (França) - Após as eliminações de Denis Shapovalov e Vasek Pospisil no início da rodada desta sexta-feira pelo ATP 250 de Marselha, coube a Felix Auger-Aliassime marcar a única vitória canadense na rodada desta sexta-feira do torneio disputado em quadras duras e cobertas. Aliassime superou o bielorrusso Egor Gerasimov, 72º do ranking, por 7/5 e 6/2 em 1h38 de partida.

Aliassime vinha de vitórias muito difíceis no torneio, já que salvou dois match points na estreia contra o italiano Stefano Travaglia e outros três match points no duelo contra o francês Pierre-Hugues Herbert pelas oitavas de final.

Finalista do ATP 500 de Roterdã no último domingo, Aliassime ainda sonha com seu primeiro título de ATP. Ele perdeu as quatro primeiras finais que disputou, sendo duas no saibro, uma na grama e outra no piso duro.

O jovem canadense de 19 anos e 18º do ranking agora enfrenta o francês Gilles Simon, veterano de 35 anos e 58º colocado. Simon já foi campeão do torneio em 2015 e vem embalado depois de bater o número 5 do mundo Daniil Medvedev por 6/4 e 6/0. O único duelo anterior foi vencido por Aliassime na grama de Stuttgart no ano passado. O reencontro acontece às 12h30 (de Brasília) deste sábado.

A outra semifinal acontece às 11h e envolve o grego Stefanos Tsitsipas e o cazaque Alexander Bublik. Ambos eliminaram canadenses. Atual campeão, Tsitsipas fez 7/5 e 6/3 contra Vasek Pospisil. Já Bublik superou Denis Shapovalov com parciais de 7/5, 4/6 e 6/3.

Aliassime teve início ruim, mas venceu sete games seguidos
Embora a vitória desta sexta-feira seja a única de Aliassime em sets diretos no torneio, isso não significa que o canadense teve vida fácil. Gerasimov conseguiu uma quebra de serviço logo no início da partida e vinha sustentando a vantagem, apesar de Aliassime constantemente criar break points. A pressão exercida pelo canadense acabou sendo efetiva na reta final do set. Depois de estar perdendo por 5/3, ele venceu quatro games seguidos.

Aliassime carregou o bom momento para o início do segundo set e conseguiu mais uma quebra para liderar por 3/0. O canadense não enfrentou break points na parcial e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. Ele ainda contaria com erros e duplas-faltas do bielorrusso para voltar a quebrar e fechar o jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis