Notícias | Dia a dia
Wild supera argentino e vence seu 3º jogo de ATP
24/02/2020 às 16h56

Wild defendeu os 20 pontos que tem a descartar por vitória no Brasil Open do ano passado

Foto: Jim Rydell/Chile Open

Santiago (Chile) - Pela terceira vez em sua carreira profissional, Thiago Wild venceu uma partida pela elite do circuito. Convidado para a disputa do ATP 250 de Santiago, Wild avançou no torneio disputado nas quadras de saibro da capital chilena. O jovem jogador de 19 anos e 182º do ranking superou o argentino Facundo Bagnis, 131º colocado, por 6/1, 3/6 e 6/1 em 1h45 de partida.

Até então, as duas vitórias anteriores de Wild no circuito da ATP haviam sido conquistadas no Brasil. A primeira foi no ano passado em São Paulo, torneio que foi substituído por Santiago no calendário, enquanto a última veio há uma semana no Rio Janeiro. De quebra, o paranaense também defende os 20 pontos que tem a descartar na próxima segunda-feira.

O próximo jogo de Thiago Wild será contra mais um argentino, que virá do duelo entre Federico Coria e Juan Ignacio Londero. Já o número 1 do Brasil Thiago Monteiro, cearense de 25 anos e 88º do ranking, que estreia às 13h (de Brasília) desta terça-feira contra outro argentino, o veterano de 32 anos Leonardo Mayer.

Wild teve um ótimo início de partida e não enfrentou break points durante o primeiro set, cedendo apenas quatro pontos em seus games de serviço. Mais agressivo em quadra, o jovem paranaense tinha o controle dos pontos e conseguiu sua primeira quebra logo cedo, além de ampliar a vantagem no quinto game após um winner de devolução com o backhand na cruzada.

Bagnis ficava bem distante da linha de base e tentou prolongar as trocas de bola. O argentino teve sucesso em sua estratégia no início do segundo set e abriu 3/0. Sacando para o set, o jogador de 29 anos precisou escapar de um 15-40, enfrentando seus dois primeiros break points na parcial. Wild se afobou nas devoluções e não aproveitou suas chances.

O terceiro set começou com alguns games longos, mas o jogo agressivo de Wild vinha fazendo a diferença nos pontos mais importantes. Ele conseguiu uma quebra e escapou de quatro break points para abrir 3/0. O jovem paranaense conseguiu mais uma quebra no game seguinte, aproveitando uma subida do rival à rede e fez 4/0 e salvou mais dois break points antes de vencer seu quinto game seguido. Bagnis até evitou o 'pneu', mas depois Wild sacou bem e definiu a vitória com um ace, seu sétimo na partida.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva