Notícias | Dia a dia
Roma ainda tenta fazer o torneio em setembro
21/05/2020 às 14h05

Roma (Itália) - A Federação Italiana de Tênis (FIT) ainda tenta viabilizar a edição de 2020 do Aberto de Roma, que reúne um Masters 1000 da ATP e um Premier 5 da WTA. Inicialmente marcada para acontecer entre os dias 10 e 17 de maio, a competição na capital italiana pode ser remarcada para o mês de setembro.

Um fator que anima os promotores do torneio italiano é o adiamento de Roland Garros, que começa em 20 de setembro e vai até 4 de outubro. Nesse cenário, outros eventos que aconteceriam no saibro buscam uma recolocação no calendário para servir de preparação para o Grand Slam francês.

Todas as competições oficiais dos circuitos da ATP e WTA estão suspensos até 31 de julho. Uma reunião entre os dirigentes dessas entidades acontece no dia 1º de junho para definir o futuro dos torneios do verão norte-americano e do US Open, além de discutir eventuais alterações no calendário do tênis mundial.

"A hipótese atualmente mais aceita prevê que o torneio, atualmente suspenso, possa ocorrer em setembro, como parte de uma adaptação da temporada de saibro europeu", diz a Federação Italiana, por meio comunicado divulgado na última terça-feira.

"Mas é necessário esperar pelas comunicações oficiais, ligadas à situação extraordinária do novo coronavírus", acrescentam os organizadores do evento. "Esperamos poder voltar a viver nosso esporte. Enquanto isso, cruzamos os dedos e a FIT convida todos aqueles que já compraram ingressos a aguardar as decisões oficiais da ATP e da WTA".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva