Notícias | Dia a dia
Stefani marca boa vitória sobre promessa americana
21/05/2020 às 22h16

Stefani está disputando uma série de exibições na Flórida

Foto: Arquivo

Wesley Chapel (EUA) - Apesar de as competições oficiais do cirucito seguirem suspensas por conta da pandemia da Covid-19, Luisa Stefani segue ganhando ritmo de jogo em uma série de exibições na academia Saddlebrook, onde ela mora e treina na Flórida. Nesta quinta-feira, ela conseguiu uma grande vitória sobre a promessa norte-americana de 18 anos Whitney Osuigwe, 143ª do ranking, por 6/2, 3/6 e 10-7.

Stefani foi a primeira tenista brasileira a voltar a disputar partidas desde a paralisação do circuito. Atual 46ª colocada no ranking de duplas da WTA, a paulistana de 22 anos ocupa apenas a 711ª posição em simples. Ainda nesta quinta-feira, Stefani perdeu para a romena Gabriela Talaba por 4/6, 7/5 e 10-7. Nas últimas semanas, ela já fez dez jogos, com seis vitórias e apenas quatro derrotas. 

Superada por Stefani nesta quinta-feira, Osuigwe é uma das grandes esperanças para o futuro do tênis norte-americano. Ex-líder do ranking mundial juvenil, ela ganhou o título de Roland Garros de sua categoria com apenas 15 anos em 2017 e deu um salto no ranking da WTA na temporada seguinte, indo 1.120º lugar para a 202ª posição. No ano passado, ficou bem perto do top 100 ao ocupar o 105º lugar em agosto.

O evento acontece com portões fechados e segue várias determinações de distanciamento social para evitar o risco de transmissão do novo coronavírus. As atletas não podem ter nenhum tipo de contato físico ou compartilhar equipamentos pessoais. Além disso, são realizadas apenas partidas de simples.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva