Notícias | Dia a dia
Gauff pede o fim da violência contra os negros
29/05/2020 às 19h28

Minneapolis (EUA) - A jovem jogadora de 16 anos Coco Gauff se juntou a várias figuras importantes do esporte norte-americano para pedir o fim da violência contra os negros no país. A morte de George Floyd, asfixiado por policial branco durante abordagem, causou revolta em várias partes do país nos últimos dias, especialmente em Minneapolis, onde aconteceu o caso.

Em vídeo publicado no Twitter, Gauff relembrou alguns casos parecidos e ganharam notoriedade. Um dos citados foi Eric Garner, morto pela polícia de Nova York em situação muito similar em 2014. Na época, a frase "Eu não consigo respirar" foi constantemente repetida por atletas negros da NBA e da NFL que cobravam a resolução do caso.

Outras mortes recentes como as de Ahmaud Arbery, da médica Breonna Taylor ou da menina de sete anos Aiyana Jones também foram lembradas pela tenista, que questionou: "Serei eu a próxima?".

"Prometo sempre usar minha plataforma para ajudar a tornar o mundo um lugar melhor", escreveu Gauff no Twitter. "Eu estou usando a minha voz para lutar contra o racismo. E você? Está usando a sua?", complementou a atual 52ª colocada no ranking e vencedora do WTA de Linz do ano passado.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva