Notícias | Dia a dia
Osaka engrossa coro em protesto por morte brutal
31/05/2020 às 09h46

Los Angeles (EUA) - Dona de dois títulos de Grand Slam e atleta mais bem paga do último ano, a japonesa Naomi Osaka engrossou o coro dos protestantes contra a morte de George Floyd, um negro desarmado que acabou morto nas mãos da polícia de Minneapolis. A ex-número 1 do mundo postou fotos dos protestos em Minnesota em sua conta no Instagram.

"Só porque não está acontecendo com você, não significa que não esteja acontecendo", escreveu Osaka, cuja mãe é japonesa e o pai haitiano. "É engraçado para mim que as pessoas que querem usar correntes, explodem hip hop na academia, tentem se deixar levar e conversem em gírias de repente estejam quietas agora", acrescentou a japonesa.

A jovem norte-americana Coco Gauff aplaudiu o post de Osaka no Instagram no sábado. A tenista de 16 anos já havia se pronunciado anteriormente também pelas redes sociais com um vídeo publicado no TikTok e depois reproduzido no Twitter. "Eu sou a próxima?", questionou Gauff.

Osaka não parou apenas na publicação de fotos tiradas em Minneapolis e depois se juntou aos protestos em Los Angeles, que aconteceram em diversos pontos da cidade e reuniram mais de 10 mil pessoas. A atual número 10 do mundo publicou um vídeo nas ruas neste sábado.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva