Notícias | Dia a dia
Muguruza prevê surpresas com sequência de torneios
30/06/2020 às 09h25

Genebra (Suíça) - Vice-campeã do Australian Open no começo da temporada, a espanhola Garbiñe Muguruza mal teve tempo para aproveitar o bom momento e precisou parar junto com todo o circuito por causa da pandemia do coronavírus. Em entrevista ao programa EL Larguero da Cadena SER, ela lamentou a situação e comentou sobre o tão aguardado retorno das competições;

“Faz muito tempo que paramos de jogar e desfrutei de um descanso físico forçado, mas sinto falta da competição. Treinar tanto nos cansa e o que gostamos mesmo de fazer é competir e por isso não vemos a hora de voltar”, afirmou a atual 16ª colocada no ranking da WTA.

“A parada é ruim para todos, tanto para quem estava jogando bem como para quem estava jogando mal. Eu estava jogando muito bem e depois do Australian Open estava com a sensação de querer manter o embalo, mas tive que aturar isso. Tem sido irritante para todos ter que esperar”, acrescentou a espanhola.

Embora esteja ansiosa pela volta, Muguruza diz que ainda não sabe qual será sua programação. “É um mistério. Queremos jogar em Nova York, mas não sabemos se iremos a Washington. Depois, voltaremos à Europa para a temporada de saibro. Estou vendo o que acontecerá para me organizar”, falou a tenista de 26 anos.

“A princípio, jogo Cincinnati e o US Open, depois sigo para Madri, Roma e Paris. Será como vir do nada para jogar torneios muito importantes, um após o outro. Será um desafio para todos nós saber como administraremos. Eu acho que haverá surpresas”, opinou a espanhola.

Muguruza também comentou brevemente o ocorrido na série de exibições do sérvio Novak Djokovic, que acabou interrompida no meio após vários casos de coronavírus. “Estamos em uma situação muito delicada e temos que levar em conta como realizar torneios. Outros eventos foram feitos com mais cuidado do que vimos no torneio Djokovic”.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva