Notícias | Dia a dia
Duelo de Kyrgios e Zverev pode ocorrer em julho
30/06/2020 às 15h43

Kyrgios e Zverev vão participar de uma série de exibições em Berlim

Foto: Arquivo

Berlim (Alemanha) - Em meio às recentes polêmicas envolvendo Nick Kyrgios e Alexander Zverev, um duelo entre eles pode acontecer antes mesmo de as competições oficiais do circuito serem retomadas, em 14 de agosto. Isso porque o australiano e o alemão vão disputar uma série de exibições em Berlim entre os dias 13 e 19 de julho.

A capital alemã receberá dois eventos seguidos. O primeiro, entre os dias 13 e 15 de julho será na quadra de grama no estádio Steffi Graf, com a presença de 800 torcedores. Já a segunda etapa será em quadra de piso duro, instalada no hangar do antigo Aeroporto Tempelhof. Apenas 200 fãs poderão acompanhar de perto.

+ Kyrgios não poupa Zverev e dispara contra festa
+ Atlanta, Berlim e WTT terão público nos estádios

+ Circuito alemão terá torneio em quadras de grama

Além de Kyrgios e Zverev, estão confirmados para o evento nomes como Dominic Thiem, Jannik Sinner e Tommy Haas, além de uma forte chave feminina formada por Elina Svitolina, Kiki Bertens, Petra Kvitova, Julia Goerges e Andrea Petkovic. Restam ainda dois tenistas convidados, um no masculino e uma no feminino.

Polêmica nas redes sociais
As polêmicas envolvendo os nomes de Kyrgios e Zverev se intensificaram nas redes sociais nos últimos dias. O alemão disputou o Adria Tour, circuito promovido por Novak Djokovic e que terminou com nove casos de coronavírus. Embora seu exame tenha dado negativo, Zverev declarou que cumpriria um período de isolamento (em geral, de 14 dias), depois de ter contato com pessoas infectadas. Menos de uma semana depois, imagens de Zverev participando de uma festa em Monte Carlo circularam nas redes sociais.

+ Kyrgios não deixa barato e rebate fala de Becker
+ Becker sai em defesa de Zverev e ataca Kyrgios
+ Zverev quebra isolamento e aparece fazendo festa

A situação rendeu críticas por parte de Kyrgios:  "Se você tem a cara de pau de tuitar ou pedir ao seu representante que escreva por você que vai fazer uma quarentena de 14 dias e pede desculpas ao público por colocar sua saúde em risco, pelo menos tenha vergonha e cumpra os 14 dias".

O ex-número 1 do mundo Boris Becker tomou as dores de Zverev e reclamou de Kyrgios, mas também foi rapidamente respondido pelo australiano.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva