Notícias | Dia a dia
Muguruza lembra jogo chave para título de Wimbledon
13/07/2020 às 09h26

Genebra (Suíça) - Campeã de Wimbledon em 2017, a espanhola Garbiñe Muguruza relembrou sua conquista em entrevista ao site da WTA. Ela falou que o caminho até a final foi bastante duro, com jogos muito difíceis e destacou um em especial: a vitória sobre a alemã Angelique Kerber nas oitavas de final.

“Ela era a número 1 do mundo, algo que sempre dá mais cor ao acontecimento. Ganhei aquela partida e o resultado me deu ainda mais confiança para os duelos seguintes e para a final”, comentou a espanhola de 26 anos, que um ano antes havia levantado seu primeiro Grand Slam ao conquistar Roland Garros.

Muguruza também descreveu a ansiedade antes da decisão. “O dia anterior à final é sempre muito complicado, mas também muito especial. Faltavam 24 horas para jogar a final de Wimlbedon que é um dos feitos mais difíceis de se atingir. Estive nessa mesma posição em 2015 quando perdi para Serena Williams e desta vez ia jogar com a sua irmã Venus”, disse a espanhola.

“É um prazer jogar contra elas porque sabemos que vão ser sempre grandes finais. Tentei me manter calma e ao mesmo tempo estava emocionada. Conversei bastante com a minha equipe técnica e eles tentaram fazer com que tudo fosse o mais fácil possível”, complementou a atual número 16 do mundo.

Sobre a sensação da conquista, ela disse ser algo insuperável. “Levei um tempo para perceber e assimilar o que se estava acontecendo e ver que aquilo era mesmo real. Estar rodeada por todas aquelas pessoas em quadra me fez achar que estava sonhando. Foi incrível, uma das experiências mais emocionantes que já tive”, finalizou Muguruza.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva