Notícias | Dia a dia
Kasatkina leva virada após 3h, Yastremska vence
03/08/2020 às 21h09

A italiana Jasmine Paolini superou Kasatkina em partida de 3h09 nesta segunda-feira em Palermo

Foto: Divulgação

Palermo (Itália) - O dia da retomada do circuito da WTA foi marcado por jogos longos no saibro de Palermo. Os poucos torcedores que já haviam acompanhado uma grande vitória de Sara Errani em 2h57 sobre Sorana Cirstea no início da rodada também viram Jasmine Paolini conseguir outra vitória dramática. A italiana de 24 anos e 95ª do ranking precisou de 3h09 para bater a russa Daria Kasatkina, ex-top 10 e atual 66ª colocada, por 5/7, 6/4 e 6/4.

Este já é o segundo jogo mais longo da atual temporada, que ficou quase cinco meses paralisada devido à pandemia da Covid-19. A única partida mais longa neste no ano foi entre Heather Watson e Elise Mertens com 3h33. Diante da falta de ritmo das duas atletas, ambas precisaram de atendimento médico por conta de problemas musculares ainda no segundo set.

+ Vekic vence 1º jogo na retomada, Errani luta por 3h
+ Circuito profissional retorna nesta 2ª e com torcida

Disputada em condições lentas, com quadra de saibro ao nível do mar, a partida teve muitos ralis longos e a jogadora da casa conseguiu ser mais consistente do fundo de quadra, neutralizando as já características variações de estilos de Kasatkina. Ao todo, foram 21 quebras de serviço, sendo 11 para a italiana e dez para a russa, que teve 34 break points. Paolini agora espera pela vencedora entre a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich e a belga Elise Mertens.

Outra ex-top 10 que não voltou bem e sofreu a virada foi Kristina Mladenovic. A francesa de 27 anos e 42ª do ranking cometeu 20 duplas-faltas na derrota para a russa Ekaterina Alexandrova, 27ª colocada, por 5/7, 6/0 e 6/1. A próxima partida de Alexandrova em Palermo será contra a vencedora da partida entre a argentina Nadia Podoroska e a francesa Fiona Ferro.

A rodada também não foi boa para Maria Sakkari. Terceira cabeça de chave em Palermo e número 20 do mundo, a grega perdeu por duplo 6/4 para a canhota tcheca Kristyna Pliskova, que enfrenta nas oitavas a anfitriã Sara Errani.

Quem espantou a zebra na estreia foi a ucraniana Dayana Yastremska, número 25 do mundo. Ela ficou em quadra por apenas 1h45, tempo suficiente para vencer a espanhola Sara Sorribes por 6/3 e 6/4. Sua próxima adversária virá do jogo entre a eslovena Tamara Zidansek e a francesa vinda do quali Oceane Dodin.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva