Notícias | Dia a dia
Gangues asiáticas estão envolvidas em manipulações
06/08/2020 às 12h25

Londres (Inglaterra) - Cada vez mais a as gangues estão de olho na manipulação de resultados ao redor do mundo. Segundo informa o Express, o alerta mais recente veio da Europol, agência de combate ao crime, que diz que criminosos baseados na Ásia estão impulsionando a tendência. Eles se juntam a gangues europeias para subornar jogadores ou encontrar oficiais para armar resultados.

A Europol estima que conseguem arrecadar mais de 100 milhões de libras (R$ 700 milhões) por ano com as partidas de tênis. Os criminosos usam contas de jogos de azar online e mídias sociais para fazer apostas e geralmente se concentram em jogos de divisão inferior, onde há mais brechas. Pesquisas sugerem que 65% do mercado mundial de apostas está na Ásia.

As gangues do crime organizado semelhantes à máfia também estão envolvidas no tráfico de drogas, crime de propriedade, extorsão e produção ilegal de tabaco. "Elas aumentaram seu envolvimento na corrupção esportiva. Algumas delas, de língua russa, assumiram o controle de certos clubes de futebol para fins de lavagem de dinheiro e manipulação de resultados", afirma a Europol.

"A manipulação de resultados, alimentada por apostas ilegais, é vista como um crime de alto lucro e risco relativamente baixo. As organizações operam em nível global e demonstraram um interesse contínuo e crescente de 'investir' nesse negócio lucrativo nos últimos anos", acrescenta o relatório da polícia.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva