Notícias | Dia a dia
Aliassime: 'Nunca pensei em ser nada além de tenista'
06/08/2020 às 14h46

Montréal (Canadá) - Um dos bons nomes da nova geração, o canadense Felix Auger-Aliassime já possui um currículo interessante para um tenista de apenas 19 anos. Atual número 20 do mundo, ele chegou a ocupar a 17ª colocação no ranking, no ano passado, e alcançou cinco finais de ATP, duas delas na atual temporada, embora ainda não tenha títulos.

Em entrevista ao site da ATP, o jovem canadense garante que não quer apenas brilhar, mas dar exemplo. “Com o tempo as pessoas vão me conhecer mais e saber que quero dar um bom exemplo para as gerações futuras. Gostaria de inspirar as crianças a se interessarem por esportes, além de ser um bom tenista. Quero mostrar que sou uma boa pessoa e se conseguir ser os dois, coisas boas provavelmente me acontecerão”, afirmou.

Aliassime também destacou seu interesse exclusivo pelo tênis desde novo. “Com meus 7 ou 8 anos de idade, sabia com certeza que queria ser um tenista profissional. Treinei muito para chegar neste ponto que estou. Para ser sincero, nunca pensei em fazer outra coisa que não fosse ser tenista. Desde o dia em que decidi que queria ser profissional, nunca olhei para trás e lutei para alcançar meus objetivos”, comentou o canadense.

“Tive muita sorte de obter bons resultados quando jovem. Acho que muitas expectativas foram criadas sobre mim desde cedo, mas não levo muito em conta. Apesar da pouca idade, já tive momentos muito difíceis em minha carreira profissional. Foi muito duro estar no ranking aos 16 ou 17 anos e perder partidas dos torneios challanger. Senti que não era capaz de fazer as mesmas coisas que outras pessoas da minha idade”, comentou Aliassime.

O canadense ainda se descreve como um tipo de jogador que dá tudo de si na quadra e luta contra todos os pontos como se fosse o último. “Tento me envolver o máximo possível toda vez que estou jogando um jogo. Como meus pais me ensinaram quando eu era pequeno, qualquer coisa que você faz vale a pena. Mas você precisa se entregar 100%, que é a melhor maneira de fazer qualquer coisa”, finalizou.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva