Notícias | Dia a dia
Martic faz 54 winners e avança, Errani se despede
07/08/2020 às 17h43

Martic tem apenas um título de WTA, mas já disputou outras três finais

Foto: Site Oficial

Palermo (Itália) - Principal cabeça de chave do WTA de Palermo e número 15 do mundo, Petra Martic teve uma tarefa complicada nesta sexta-feira, mas conseguiu sua classificação para a semifinal. A experiente croata de 29 anos precisou de dois tiebreaks e ficou em quadra por 2h18 na vitória por 7/6 (7-5) e 7/6 (7-3) sobre a bielorrussa Aliaksadra Sasnovich.

Apesar das lentas condições de Palermo, disputado em quadra de saibro e ao nível do mar, Martic conseguiu se impor jogando de maneira agressiva. A croata fez 54 winners na partida contra 45 de Sasnovich. Ela também cometeu um número menor de erros que sua adversária, 23 diante de 28 da bielorrussa.

A equilibrada partida teve oito quebras de serviço, quatro para cada lado. Sasnovich, ex-top 30 e atual 119ª do ranking aos 26 anos, chegou a sacar para fechar o primeiro set quando liderava por 5/4, mas não aproveitou a chance e permitiu a virada. Já na parcial seguinte, Martic liderou por 5/3 e teve três match points, mas só definiu a disputa no tiebreak.

O único título de WTA na carreira de Martic foi conquistado no ano passado, em Istambul, também no saibro. A croata ainda disputou outras três finais. Sua próxima adversária é a estoniana Anett Kontaveit, 22ª do ranking e também vencedora de apenas um torneio. Kontaveit venceu a convidada italiana de 19 anos Elisabetta Cocciaretto por 6/1, 4/6 e 6/1.

Outra italiana eliminada do torneio foi Sara Errani. A veterana de 33 anos e ex-top 5 perdeu por 6/4 e 6/1 para a francesa Fiona Ferro. Errani aparece atualmente apenas no 167º lugar do ranking e deu adeus ao sonho do tricampeonato. A anfitriã já venceu o torneio nos anos de 2008 e 2012.

Ferro vinha em plena atividade nas últimas semanas. Enquanto o calendário oficial da WTA estava paralisado, ela venceu duas etapas do circuito promovido pela Federação Francesa de Tênis. A jovem francesa de 23 anos e 53ª do ranking tem um título, conquistado no saibro de Lausanne no ano passado. Ela espera pela vencedora do confronto entre a italiana Camila Giorgi e a ucraniana Dayana Yastremska.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva