Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Para Nadal, saque por baixo faz parte do jogo
30/09/2020 às 19h14

Espanhol teve que receber um saque por baixo durante a partida desta quarta-feira

Foto: Divulgação

Paris (França) - Durante a tranquila vitória pela segunda rodada de Roland Garros, Rafael Nadal teve que devolver um 'saque por baixo' do norte-americano Mackenzie McDonald, 236º do ranking. A estratégia tem virado moda no circuito, especialmente por Nick Kyrgios, Pablo Cuevas e Alexander Bublik. No entanto, alguns jogadores podem interpretar a jogada como um desrespeito ao adversário. O número 2 do mundo não vê problemas quanto ao golpe, mas diz que dá para saber quando é uma provocação.

"Se você ganhar o ponto, é uma boa tática. Se perde, é ruim. Por exemplo, hoje para o Mackenzie não foi uma boa tática. Já com o Bublik, quando funciona, é uma boa tática. Faz parte do jogo", disse Nadal, após a vitória por 6/1, 6/0 e 6/3 sobre McDonald. O ponto em questão aconteceu no segundo set.

+ Nadal vence 11 games seguidos e arrasa mais um
+ Com lance incrível e saque por baixo, Bublik tira Monfils
+ Nadal: 'Este é um Roland Garros muito diferente'

"Se você faz isso com o objetivo de ganhar o ponto, com o objetivo de melhorar seu jogo, ou como uma variação tática, eu apoio 100%. Mas se for para desrespeitar o adversário, não é uma coisa boa", acrescentou o veterano de 34 anos e vencedor de 19 títulos de Grand Slam. "Todo mundo sabe internamente se você faz isso por bem ou por mal. Para mim não há discussão sobre isso. Se faz parte das regras, você pode fazer 100%. Aí depende da pessoa se sentir bem fazendo isso".

Sobre a edição atípica do Grand Slam francês, por conta da época do ano em que é disputada, além de novidades como a troca do fornecedor de bolas, e da presença de iluminação para jogos noturnos e teto retrátil para dias de chuva, Rafa ponderou. "Estou apenas tentando melhorar a cada dia. Estou trabalhando duro em cada treino para tentar ficar melhor a cada jogo. Hoje não foi tão frio, então isso é o principal. As condições não foram tão ruins. Mas a bola ainda está pesada. Quando não está tão frio, a bola está um pouco menos pesada. Eu vi as previsões do tempo para os próximos dias e não são muito boas".

Nadal também falou sobre a desistência de Serena Williams de Roland Garros, em razão da lesão no tendão de Aquiles, que já a incomoda desde a semifinal do US Open. "É uma notícia muito triste para o tênis, para Roland Garros, e principalmente por ela. Sinto muito por ela. Eu simplesmente posso desejar uma recuperação rápida e boa. É verdade que todo o processo de voltar ao circuito é difícil, especialmente quando você fica um pouco cada vez mais velho. Mas ela sempre mostrou uma paixão incrível por este esporte. Eu realmente acredito que ela estará boa nos próximos meses".

Comentários