Notícias | Dia a dia
Coric obtém virada e repete final em São Petersburgo
17/10/2020 às 12h53

São Petersburgo (Rússia) - O ATP 500 de São Petersburgo terá dois nomes da nova geração na luta pelo título. O croata Borna Coric repetiu a virada do russo Andrey Rublev no jogo de abertura e superou o sacador canadense Milos Raonic, por 1/6, 6/1 e 6/4, para repetir a final do ano passado em que foi superado por Daniil Medvedev.

Aos 23 anos e número 27 do ranking no momento, Coric só havia disputado uma semifinal na temporada, aquela do Rio Open, em fevereiro. Ele tem agora sete decisões de nível ATP na carreira e busca seu segundo título e o primeiro em 27 meses. Ele foi campeão pela primeira vez no saibro de Marrakech em 2017 e depois faturou na grama de Halle em 2018. Desde então, foi vice no Masters de Xangai e em São Petersburgo.

O jogo teve um andamento estranho. Campeão de 2016 e sem ter serviços perdidos na semana, Raonic dominou amplamente o primeiro set, em que sufocou o adversário com poderosos serviços. Mas tudo mudou repentinamente. Após sofrer a primeira quebra, o canadense pareceu perder a confiança e viu Coric ficar mais sólido na base. Raonic terminou com 37 winners, sendo 18 aces, mas 29 erros.

"Ele não deu chance no primeiro set, mas depois achei meu ritmo e comecei a jogar muito melhor", analisou Coric ainda em quadra, que havia perdido de Raonic no único duelo anterior, em Delray Beach de 2017.

Coric perdeu todos os três duelos que já fez diante de Rublev, todos na quadra sintética, e sequer ganhou um set. Ele no entanto se diz mais bem preparado desta vez. "Assisti a várias de suas partidas, estudei bastante e espero me sair melhor".

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva