Notícias | Dia a dia
Zverev confirma e impede o título de Aliassime
18/10/2020 às 10h29

Colônia (Alemanha) - O alemão Alexander Zverev nem precisou jogar seu melhor tênis para conquistar neste domingo o 13º título de sua carreira e o terceiro em quadras nacionais. Ele superou o amigo Felix Auger-Aliassime por 6/3 e 6/3 na decisão do novo ATP 250 de Colônia, disputado sobre quadra dura coberta.

Ao mesmo tempo, foi mais uma frustração para o canadense de 20 anos, que pela sexta vez tentou seu primeiro troféu de nível ATP e falhou. Ele, que havia superado o cabeça Roberto Bautista na véspera, teve três oportunidades no ano passado, no saibro do Rio e de Lyon e na grama de Stuttgart, e nesta temporada havia atingido as finais de Roterdã e Marselha, em sintético coberto.

Número 7 do mundo aos 23 anos, Zverev encerrou pequeno jejum de conquistas, que vinha desde o troféu sobre o saibro de Genebra, em julho de 2019. Ele também foi campeão duas vezes em Munique, em 2017 e 2018, e continuará em Colônia, que faz outro ATP 250 na próxima semana. Obviamente, o revés mais duro veio na recente final do US Open, em que teve o título nas mãos diante de Dominic Thiem e deixou escapar.

"Foi uma ótima semana para mim", afirmou ele para seu público. "Era importante voltar às conquistas depois do que aconteceu em Nova York e acho que hoje joguei dois sets muito bons". Ele ainda procurou incentivar o amigo: "Tenho certeza de que Felix conseguirá em breve seu primeiro título".

Para marcar sua terceira vitória sobre Aliassime, o alemão precisou caprichar com o primeiro saque para dar poucas oportunidades ao adversário e também foi bem sólido no fundo de quadra, num jogo sem grandes alternâncias táticas entre os jogadores.

Zverev obteve quebra logo no primeiro e longo game e chegou a ter 5/2 e saque, mas cometeu duplas faltas e permitiu pequena reação. Aliassime não aproveitou e voltou a falhar com o serviço.

O segundo set foi mais equilibrado mas Aliassime continuava com baixa produtividade com o primeiro serviço e assim sofreu quebra no sexto game. Zverev salvou dois break-points em seguida e fechou em duelo de 1h21.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva