Notícias | Dia a dia
Felipe Meligeni perde invencibilidade e cai na semi
05/12/2020 às 14h17

Felipe voltará à quadra mais tarda para buscar o título de duplas ao lado de parceiro venezuelano

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - Acabou neste sábado a sequência de vitórias do paulista Felipe Meligeni, que depois de nove triunfos consecutivos e seu primeiro título de challenger, foi eliminado do challenger de Campinas neste sábado. Seu algoz foi o argentino Francisco Cerundolo, cabeça de chave 7, que levou a melhor em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h25 de confronto.

Na final do torneio campineiro o argentino medirá forças com o principal candidato ao título, o espanhol Roberto Carballes, que mais cedo fez valer seu favoritismo para cima do colombiano Daniel Galan, quarto pré-classificado, com uma firme vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.

Com a campanha desta semana em simples, Meligeni leva para casa uma premiação de US$ 2.510 e mais 29 pontos no ranking, que o farão subir ainda mais. Atual 242 do mundo, ele deve ganhar mais 11 colocações e subir para a 231ª, a melhor da carreira até então.

O primeiro set foi terrível para Felipe, que não conseguiu mostrar um bom tênis, abusou das decisões erradas e terminou a parcial sem vencer um game sequer com o saque. Ele só não levou um ‘pneu’ de Cerundolo porque obteve uma quebra no terceiro game, quando esboçou uma reação após sair perdendo de 2/0, mas que acabou não se concretizando.

A pausa na virada dos sets, que foi um pouco maior por causa do excesso de água que jogaram na quadra durante o intervalo, parece ter sido proveitosa para o campineiro, que confirmou o serviço pela primeira vez na abertura da parcial e logo em conseguiu uma quebra para abrir 2/0. Contudo, o argentino devolveu o break imediatamente e empatou em 2/2.

Depois de deixar tudo igual, Cerundolo repetiu o que havia feito no set anterior e continuou pressionando os games de serviço de Meligeni. O argentino deixou escapar dois break-points no quinto e mais dois no sétimo, quando voltou a conquistar uma quebra. Com a vantagem no placar, bastou ao argentino administrá-la até o fim para ficar com a vitória e a vaga nas semifinais.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva