Notícias | Dia a dia
Raonic relata a rígida segurança das 5h de treino
22/01/2021 às 17h15

Melbourne (Austrália) - Diferente do que acontece com outros 72 tenistas colocados em isolamento total por 14 dias pela organização do Australian Open, o canadense Milos Raonic teve a sorte de chegar a Melbourne em um voo sem nenhum infectado pela Covid-19. Por isso, o jogador de 30 anos e número 15 do mundo tem autorização de sair do quarto e passar cinco horas por dia treinando no Melbourne Park. Ainda assim, ele relata que todo o traslado entre o hotel e as quadras de treino é feito sob rígido esquema de segurança.

"O torneio te informa na noite anterior o seu horário do seu treino e a que horas você será pego. E então, você ajusta o seu dia a isso. Você se prepara e espera na sua porta até que alguém do torneio te reúna com a sua equipe e com o jogador com quem você está treinando na semana", disse Raonic, em entrevista ao site da ATP.

"E então todos descem juntos no mesmo elevador. A propósito, higienizando as mãos e sempre usando máscaras durante todo o processo. Em seguida, entramos no carro e vamos para as quadras. A gente vai direto para a quadra escolhida para o treino. E todos nós estamos tentando aproveitar ao máximo o tempo na quadra", acrescenta o canadense, que ainda busca seu primeiro Grand Slam.

"Depois disso, você pode ir para a academia. Eles construíram muitas em todo o complexo para os jogadores. Sua academia está, na verdade, correlacionada com sua quadra. Então, qualquer pessoa que treinou naquela quadra usa exatamente a mesma academia depois, para que assim eles tenham tempo de limpar e higienizar", explica. "Então, se você treinou na Quadra 3, você vai para a academia da Quadra 3. Depois você tem uma hora para comer na mesa que é referente à Quadra 3".

"E depois você é pego no clube. Eles te levam para o hotel e você vai direto para o elevador, e de lá para o seu quarto. O resto do tempo, você tenta aproveitar ao máximo. Passei um tempo fazendo outras coisas, outro tipo de exercícios para complementar os treinamentos que pude fazer no clube. Passei também um tempo lendo, estudando e fazendo várias coisas. A gente vai criando uma rotina consistente. Mas é ótimo que possamos sair por essas cinco horas".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva