Notícias | Dia a dia
Apesar da derrota, Halep não esperava jogar tão bem
12/08/2021 às 08h06

Halep disputou seu primeiro torneio desde maio e equilibrou as ações com Collins

Foto: Omnium Banque Nationale
Mário Sérgio Cruz

Montréal (Canadá) - Apesar de ter perdido sua partida de estreia no WTA 1000 de Montréal, Simona Halep saiu de quadra satisfeita com seu nível de tênis e confiante para as próximas semanas no circuito. Isso porque a romena estava há três meses sem jogar, depois de ter sofrido uma grave lesão na panturrilha esquerda durante o torneio de Roma, e ficou fora de Roland Garros, Wimbledon e Jogos Olímpicos de Tóquio. Em seu retorno, encarou de frente a norte-americana Danielle Collins, que vem de títulos em Palermo e San Jose nas últimas semanas e marcou sua 12ª vitória seguida no circuito, depois de uma batalha com quase três horas de duração.

"Foi uma ótima partida na minha opinião. Para quem estava há três meses parada, eu joguei muito bem. Fico feliz por isso, só estou triste por ter perdido a partida, mas estou melhorando", disse Halep, após a derrota para Collins por 2/6, 6/4 e 6/4 em 2h55 de disputa. "Eu achava que só conseguiria jogar nesse nível de hoje durante o US Open. Mas isso não significa que na próxima semana estarei no mesmo nível. Tenho que ver como vou acordar amanhã e como meu corpo vai estar".

+ Volta de Halep tem batalha de 3h e 12ª vitória seguida de Collins
+ Halep volta às quadras ainda mais preocupada com o corpo

"Estou muito otimista. Foi um pouco inesperado fazer uma partida de três horas em altíssimo nível contra alguém que está ganhando jogos e torneios ultimamente. Estou muito feliz com a forma como joguei. Pelo menos agora, eu confio mais no meu jogo e acredito que posso estar no topo. Estou sentindo bem a bola, na verdade. É por isso que tenho confiança de que não estou mais tão longe do meu melhor nível. Estou mais perto do que eu pensava", acrescenta a atual 13ª do ranking, que chegou a salvar quatro match-points na partida.

"É apenas uma questão de energia. A parte física fez a diferença no final. E claro, a confiança também. Ela jogou muito bem, estava pressionando o tempo todo e foi agressiva quando precisava. Portanto, todo o crédito a ela pela vitória. Mas estou muito feliz com esta partida e estou confiante para a próxima semana", explica a jogadora de 29 anos, que ainda disputará o WTA 1000 de Cincinnati antes do US Open.

Halep teve dificuldades para sacar a partir do segundo set e foi perguntada por TenisBrasil se isso teria relação com a recente lesão na perna de apoio, mas a romena garante que não teve problemas com isso. "Não foi por causa da lesão. Foi um pouco de cansaço. Eu senti um pouco o cansaço no ombro por estar jogando num nível tão alto e com tanta potência. Ela estava batendo muito forte na bola. Mas, sim, meu saque não me ajudou muito hoje".

A romena também destacou a evolução de Collins em relação ao único encontro anterior entre elas, disputado no US Open de 2014. "Acho que ela era convidada, quando nós jogamos naquele US Open. Ela melhorou muito, é claro. São sete anos de diferença. Ela está ganhando torneios e melhorou muito seu jogo".

Atendimento a Collins gerou polêmica
A ex-número 1 do mundo, entretanto, não gostou do pedido de atendimento médico que a adversária recebeu fora de quadra no terceiro set. Halep liderava o placar por 3/2 e teve seu serviço quebrado assim que Collins voltou à quadra. "Foi difícil para mim porque, depois de duas horas e meia, fazer uma parada de mais de 10 minutos não é justo antes de sacar. Acho que essa regra não é boa de jeito nenhum".

"Mas algumas jogadoras, quando não confiam que podem vencer com o jogo, recorrem aos tempos médicos. E então, elas correm melhor do que antes", afirmou a vencedora de dois Grand Slam. "Já me aconteceu algumas vezes em que as adversárias pediam atendimento e eu não conseguia manter o físico depois da parada. Tenho que melhorar nisso. Às vezes quando você sua muito, perde energia, então a pausa não é boa naquele momento. Mas crédito para ela pela vitória porque jogou bem".

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG