Notícias | Dia a dia
Wild cai nas quartas e Brasil não terá semifinalistas
26/11/2021 às 19h21

Wild foi o único atleta da casa a chegar às quartas de final do challenger de Brasília

Foto: Luiz Candido/CBT

Brasília (DF) - Único jogador da casa a chegar às quartas de final do challenger de Brasília, Thiago Wild foi eliminado da competição nesta sexta-feira. O número 2 do país e 132º do mundo perdeu para o espanhol Jaume Munar, segundo cabeça de chave do torneio e 84º colocado, com parciais de 6/1, 3/6 e 6/4 em 2h20 de partida.

Esta foi a segunda derrota de Wild para Munar no circuito, repetindo o que havia acontecido no challenger de Montevidéu em 2019. A queda do paranaense de 21 anos deixa o Brasil sem representantes na semifinal de simples em Brasília. Munar enfrentará o argentino Pedro Cachin, que derrotou Nicolas Kicker por 7/6 (7-3) e 6/4, e a outra semifinal terá mais dois argentinos, Federico Coria e Francisco Cerundolo.

O início de partida não foi bom para Thiago Wild, que só fez cinco pontos nos primeiros cinco games disputados, permitindo ao rival abrir 5/0 no placar. Ele até conseguiu evitar o 'pneu', confirmando seu último game de saque do primeiro set, mas não evitou a perda da parcial logo na sequência.

Wild começou o segundo set com uma quebra de vantagem, aproveitando-se de um game com três erros e uma dupla falta do espanhol, e chegou a liderar o placar por 4/1. O paranaense conseguiu manter a vantagem no placar, mas teve que reverter um 0-40 quando estava sacando para fechar o set.

Em bom momento na partida, Wild também foi o primeiro a quebrar no terceiro set e chegou a vencer três games seguidos para abrir 3/1 no placar. A parcial foi disputada com condições de quadra mais pesadas, porque havia começado a chover, e o espanhol soube jogar melhor nos ralis mais longos. Munar perdia por 4/2, mas devolveu a quebra no oitavo game e terminou a partida vencendo quatro games seguidos. Frustrado pela derrota, Wild quebrou a raquete ainda em quadra.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva