Notícias | Dia a dia
Sabalenka saca bem e avança no WTA 1000 de Doha
22/02/2022 às 16h39

Sabalenka não enfrentou break-points na partida e só fez quatro duplas faltas

Foto: Paul Zimmer

Doha (Qatar) - Principal cabeça de chave do WTA 1000 de Doha e vencedora do torneio em 2020, Aryna Sabalenka estreou com vitória na competição nesta terça-feira e garantiu seu lugar nas oitavas de final. A número 2 do mundo superou a francesa Alizé Cornet por duplo 6/2 em 1h14 de partida. Sua próxima adversária será a suíça Jil Teichmann, canhota de 24 anos e 41ª do ranking.

Depois de ter sofrido muito com o saque nos primeiros torneios da temporada, Sabalenka desta vez não enfrentou break-points e só perdeu 14 pontos em seus games de serviço, sendo apenas cinco quando colocou o primeiro saque em quadra. Foram apenas quatro duplas faltas no jogo. Reconhecida por seu estilo agressivo e de muita potência nos golpes com o forehand, a bielorrussa fez 22 a 8 em winners e cometeu 28 erros contra 34. 

"Não foi um jogo fácil. Ela estava muito bem e exigiu muito de mim", disse Sabalenka, que superou Cornet pela segunda vez em três jogos. "Eu já esperava que precisaria disputar longos ralis e estava preparada para isso. Tentei ficar nos pontos o máximo que pudesse, empurrá-la para o fundo da quadra, e também sacar bem".

Swiatek sofre para superar a estreia

No mesmo quadrante da chave, a polonesa Iga Swiatek teve uma estreia dura diante da suíça Viktorija Golubic, 36ª do ranking. A número 8 do mundo precisou de três sets e 2h02 para vencer por 6/2, 3/6 e 6/2.

Swiatek teve dificuldades para lidar com o backhand de uma mão, os slices de forehand, e as subidas à rede de sua adversária e terminou o jogo com 37 erros não-forçados, sendo que 19 deles foram no segundo set. A polonesa liderou a estatística de winners por 30 a 20 e contou 32 erros da rival. Além disso, a jovem de 20 anos conseguiu seis quebras na partida, duas em cada set e perdeu quatro games de saque.

A adversária da polonesa nas quartas será a russa Daria Kasatkina, 28ª do ranking, que vencia a partida contra a romena Jaqueline Cristian por 6/2 e 2/2 antes de a rival abandonar por lesão no joelho. Swiatek lidera o histórico contra Kasatkina por 2 a 1, sendo que as duas vitórias foram neste ano.

Sakkari também estreia com vitória
Quem também estreou com vitória foi a grega Maria Sakkari, cabeça 6 em Doha, que marcou um duplo 6/3 contra a norte-americana Ann Li. Sua próxima adversária será outra norte-americana, Jessica Pegula, que também venceu por duplo 6/3, diante da eslovena Kaja Juvan.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva