Notícias | Dia a dia
Monteiro vira contra o top 40 Delbonis e revê Baez
23/02/2022 às 21h44

Monteiro sacou muito bem a partir do segundo set e conseguiu vitória inédita sobre Delbonis

Foto: Chile Open

Santiago (Chile) - Mais uma vez, Thiago Monteiro venceu um rival bastante qualificado no ATP 250 de Santiago e garantiu seu lugar nas quartas de final do torneio em quadras de saibro na capital chilena. Vindo de superar o anfitrião e ex-top 40 Nicolas Jarry na última segunda-feira, o número 1 do Brasil e 107º do mundo eliminou o argentino Federico Delbonis, cabeça 3 do torneio e 37º do ranking, por 3/6, 6/4 e 6/1 em 2h06 de partida. Foi a primeira vitória de Monteiro em cinco jogos contra Delbonis, sendo dois confrontos em chaves principais de ATP e mais três em challengers entre 2018 e 2019.

Monteiro consegue assim sua sétima vitória em 13 jogos na temporada e chega às quartas de final de um torneio pela segunda vez em 2022, repetindo a campanha de Adelaide. O cearense de 27 anos enfrenta na próxima fase o argentino Sebastian Baez, jovem de 21 anos e 78º do ranking, que bateu o compatriota Juan Ignacio Londero por duplo 6/3. Monteiro derrotou Baez na semana passada, durante o Rio Open, enquanto o argentino levou a melhor em duas finais de challenger no ano passado.

Nesta semana, Monteiro tem 90 pontos a defender. São 45 pontos das quartas de final de Santiago de 2020 e mais 45 das quartas de Córdoba do ano passado. Uma semifinal garantiria a defesa total dos pontos. Além disso, ele ainda está recuperando mais 15 pontos do challenger de Montevidéu de 2021, que não estavam sendo contabilizados entre seus 16 melhores resultados, minimizando ainda mais uma eventual queda no ranking.

Após sofrer quebra no início, Monteiro não enfrentou mais break-points
O início de partida não foi bom para Monteiro, que só conseguiu vencer quatro pontos nos três primeiros games e permitiu a quebra a Delbonis. O argentino abriu 3/0 no placar e esteve o tempo todo à frente no placar, enfrentando apenas um break-point em todo o set. Mesmo melhorando seu desempenho no saque, Monteiro tinha poucas chances de ameaçar o rival nas devoluções.

O número 1 do Brasil não correu riscos em seu saque durante todo o segundo set, confirmando seus cinco games de serviço com apenas três pontos perdidos. Já Delbonis chegou a reverter um 15-40 ainda no início da parcial. Mas no último game do set, quando perdia por 5/4, voltou a ter o saque ameaçado. Monteiro utilizou bolas profundas e contou com um pouco de sorte, já que em dois pontos seguidos, elas quicaram na fita e chegaram ruins para o argentino, que cometeu erros, sofreu uma quebra e perdeu o set.

Monteiro fez um terceiro set impecável ao disparar seis aces e só perder dois pontos em seus games de serviço. Cada vez mais agressivo do fundo de quadra, o cearense assumiu o controle dos pontos e conseguiu duas novas quebras para fechar o jogo. O número 1 do Brasil terminou a partida com 10 aces e criou 10 break-points na partida, com três quebras. 

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva