Notícias | Dia a dia
Yastremska vence e destaca: 'Feliz por estar segura'
03/03/2022 às 17h48

Ucraniana saiu de seu país às pressas, recebeu convite para WTA de Lyon e está nas quartas

Foto: Open 6eSens - Lyon

Lyon (França) - Apesar de todo o drama vivido na Ucrânia desde o início da guerra com a Rússia há uma semana e da separação repentina de sua família, Dayana Yastremska segue encontrando forças para vencer seus jogos no WTA 250 de Lyon e já está nas quartas de final do torneio em quadras duras e cobertas. Vinda de uma difícil estreia com 3h05 de duração contra a romena Ana Bogdan na última terça-feira, Yastremska venceu nesta quinta-feira a espanhola Cristina Bucsa por 6/2 e 6/3 em 1h05 de partida.

"Hoje foi um pouco mais fácil para controlar as minhas emoções, então estou feliz com isso. Tentei me recuperar o mais rápido possível da estreia para me preparar para a partida de hoje, mas ainda estava muito nervosa porque quero ganhar estes jogos pelo meu país. Este torneio é muito emocionante para mim. Mas estou muito feliz com a vitória de hoje", disse Yastremska em sua entrevista em quadra.

A tenista 21 anos e 140ª do ranking passou dois dias em um abrigo subterrâneo na cidade portuária de Odessa, enquanto se protegia dos bombardeios russos iniciados na última quinta-feira. Ela conseguiu sair da Ucrânia na companhia da irmã mais nova, Ivanna, de 15 anos, e precisou se despedir dos pais, que ficaram em casa. Depois de sair às pressas da Ucrânia e se abrigar na França, ela recebeu convite para a chave principal do WTA de Lyon e já venceu dois jogos. Além disso, as irmãs ucranianas jogaram juntas nas duplas.

"Para ser honesta, estou muito feliz por estar aqui, em um lugar seguro com a minha irmã, e feliz por poder fazer o que eu realmente amo que é jogar tênis. Estou aproveitando cada ponto que eu jogo aqui, especialmente por conta da situação que estamos vivendo e agora. Vou tentar o meu melhor para vencer o próximo jogo", acrescentou a ucraniana, que enfrenta nas quartas a italiana Jasmine Paolini, que bateu a alemã Tamara Korpatsch por 6/1 e 6/2.

Garcia será a representante francesa nas quartas
A França terá uma jogadora da casa nas quartas de final. Trata-se da experiente Caroline Garcia, ex-top 5 e atual 74ª do ranking aos 28 anos. Garcia venceu a italiana Martina Trevisan por 6/4, 2/6 e 6/3. Ela enfrenta nas quartas a belga Alison Van Uytvanck.

Também avançou a chinesa Shuai Zhang, que fez um duplo 6/4 contra a holandesa Arantxa Rus. Zhang encara Vitalia Diatchenko, nascida na Rússia e atualmente sob bandeira neutra por conta das sanções esportivas ao país. Diatchenko venceu a cabeça 3 suíça Viktorija Golubic por 7/6 (7-4), 4/6 e 6/4.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva