Notícias | Dia a dia
Nadal mostra força no fim e mantém invencibilidade
12/03/2022 às 20h13

Indian Wells (EUA) - Por pouco não acabou neste sábado a invencibilidade do espanhol Rafael Nadal neste começo de temporada. O norte-americano Sebastian Korda teve a vitória nas mãos e sacou duas vezes para o jogo, mas falhou em ambas e viu o número 4 do mundo mostrar toda sua força para superar a estreia no Masters 1000 de Indian Wells, marcando parciais de 6/2, 1/6 e 7/6 (7-3), em 2h29 de partida.

+ Rafael Nadal desiste do Masters 1000 de Miami

Classificado para a terceira fase do torneio californiano, o espanhol terá pela frente o britânico Daniel Evans, que mais cedo arrasou o argentino Federico Coria com o placar final de 6/2 e 6/2, anotado em apenas 67 minutos. Será a terceira vez que os dois irão se enfrentar no circuito, a primeira desde 2019, quando Nadal venceu em Montréal e na Copa Davis.

Nadal começou muito bem na partida, logo no primeiro game pressionou o saque do rival e saiu anotando uma quebra. Com a vantagem no placar, o espanhol deslanchou e abriu confortáveis 4/0. No quinto game, Korda enfim confirmou o serviço pela primeira vez e na sequência teve duas chances para devolver uma das quebras, ambas evitadas pelo rival.

Após ceder apenas dois games ao atleta da casa no primeiro set, Nadal voltou em um ritmo bem mais baixo para o segundo. Seu desempenho com o saque caiu bastante, de 68% para apenas 46%, e a precisão diminuiu. As seis bolas vencedoras da parcial inicial viraram apenas duas e os erros não forçados subiram de só três para dez.

Jogando mais dentro de quadra e com aproveitamento de saque que saiu de 50% para 68%, Korda deu as cartas no set. Ele venceu os três primeiros games da disputa e depois ainda anotou uma quebra a mais, no sexto game, para fazer 6/1 e empatar o jogo.

A definição foi para a terceira parcial, na qual Nadal até recobrou um pouco do desempenho do começo, mas não o suficiente. Korda aproveitou o melhor momento e seguiu mais perigoso, pressionando o espanhol. Ele chegou a abrir 5/2, sacou duas vezes para fechar, não teve um match-point sequer e perdeu as duas quebras que tinha de vantagem.

Sem novas quebras, veio o tiebreak para decidir o vitorioso. Em melhor momento na reta final, vencendo quatro games seguidos para se salvar e seguir vivo no jogo, Nadal prevaleceu no desempate e selou sua segunda vitória em dois jogos sobre Korda, chegando ao 16º triunfo consecutivo em 2022.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva