Notícias | Dia a dia
Mouratoglou coloca Djoko à frente de Rafa no saibro
07/04/2022 às 15h58

Nice (França) - Mal começou a temporada do saibro e já estão sendo feitas previsões para Roland Garros. Para o treinador francês Patrick Mouratoglou, que nesta quinta-feira anunciou que será o novo técnico da romena Simona Halep, o sérvio Novak Djokovic poderá ser o grande favorito ao título se tiver bom desempenho nas próximas semanas.

“Se você pensar em Roland Garros hoje, acho que será o torneio mais aberto nos últimos 10 ou 15 anos. Se Novak for capaz de ganhar na temporada de saibro, então não será tão aberto, porque ele está no seu melhor, é o melhor jogador do mundo, mesmo no saibro”, afirmou o francês que cravou Djokovic como superior a Rafael Nadal mesmo na superfície favorita do espanhol.

“Pode ser estranho dizer isso com o número de Roland Garros que Rafa tem, mas se você olhar para os números, Novak venceu Rafa algumas vezes no saibro. Se eles tiverem que se enfrentar nas fases finais do torneio em 2022, a partida do ano passado estará em suas mentes, com certeza. Rafa estará tenso e o Novak será muito mais agressivo porque terá mais confiança”, argumentou Mouratoglou.

O treinador acredita que duas grandes questões desta temporada de saibro são o desempenho de Djokovic e como Nadal voltará após a lesão. “Podemos ter um Novak cheio de confiança se ganhar muito. Mas não vai ser fácil, porque você  jogou tão pouco nos últimos meses”, comentou o francês, lembrando que o número 1 do mundo disputou apenas um torneio em 2022 até então.

“Para mim, o que acontecer nas próximas semanas será crucial e só depois disso saberemos as chances reais de Novak e Rafa em Roland Garros. Talvez haja alguém para surpreender como (Carlos) Alcaraz, Stefanos (Tsitsipas) ou qualquer outro”, comentou Mouratoglou.

Já sobre a situação de Nadal, ele prevê que não será nada fácil para o canhoto de Mallorca, mesmo o saibro sendo seu piso favorito. “Acho que vai ser muito difícil para Rafa. Felizmente ele tem muita confiança desde o início da temporada, mas sabemos que gosta de disputar muitos jogos antes de Roland Garros para se sentir totalmente no controle”, observou o treinador.

“Ele precisa estar no controle e se não está, tudo se torna mais difícil. O fato de não poder jogar muitos torneios antes vai trabalhar contra. Em muitas ocasiões ele não joga bem no início da turnê de saibro, por exemplo, no ano passado: precisou de vários torneios para ser ‘o verdadeiro Rafa’. Este ano ele não tem essa opção: tem que jogar bem desde o início e isso será fácil”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva