Notícias | Dia a dia
Djokovic sente melhora e diz que segue motivado
21/04/2022 às 21h27

Djokovic já venceu dois adversários sérvios no caminho até a semifinal de Belgrado

Foto: Serbia Open

Belgrado (Sérvia) - Depois de vencer seu segundo jogo no ATP 250 de Belgrado e garantir vaga na semifinal da competição, Novak Djokovic diz que sentiu melhora em relação ao desempenho na estreia. O líder do ranking mundial vem de duas viradas contra adversários sérvios, tendo superado Laslo Djere na estreia e Miomir Kecmanovic nas quartas.

"Eu me senti muito melhor do que ontem. Mesmo com um set e uma quebra atrás, senti que subi um nível ou dois", disse Djokovic após a vitória por 4/6, 6/3 e 6/3 sobre Kecmanovic nesta quinta-feira.

Prestes a completar 35 anos, o número 1 do mundo garante que segue motivado para continuar no circuito. "Eu escolhi jogar. Ninguém está me forçando a jogar. Já fiz o suficiente na minha carreira para parar hoje, mas ainda me sinto motivado e inspirado".

"Adoro jogar na frente das pessoas e é claro que aqui na Sérvia é uma oportunidade única para mim. Essas ocasiões únicas me alimentam com boas energias. Adoro estar aqui e adoro competir", acrescentou o sérvio sobre sua participação no torneio em casa.

Vindo de eliminações precoces em seus dois primeiros torneios na temporada, em Dubai e Monte Carlo, Djokovic comenta sobre o que precisa fazer para competir com adversários mais jovens. No próximo sábado, ele enfrenta o cabeça 3 do torneio Karen Khachanov, de 25 anos e atual 26º do ranking. O sérvio lidera o histórico de confrontos por 5 a 1.

"As pessoas se acostumaram a me ver nesse nível por 10 ou 15 anos. Eles sempre esperam que você ganhe 99% das partidas", explicou. "Mas obviamente isso não é possível. Você tem que aceitar o fato de que vai perder, que não vai se sentir bem, que pode levar mais tempo para entrar no ritmo."

"Minha vida mudou muito nos últimos 10 anos e meu corpo também. Então você tem que se adaptar a isso, entender essas mudanças, entender o que estou passando e descobrir a biologia das coisas. É preciso organizar e planejar com minha equipe para que eu possa atingir o pico na hora certa e poder competir com os mais jovens. Para mim, a idade é apenas um número".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva