Notícias | Dia a dia
Trevisan vence 1º WTA aos 28 e dedica título ao pai
21/05/2022 às 11h43

Trevisan chegou a ficar quatro anos longe do tênis

Foto: GP SAR La Princesse Lalla Meryem

Rabat (Marrocos) - Na disputa entre duas jogadoras que disputavam a primeira final na elite do circuito, a experiente italiana Martina Trevisan levou a melhor sobre a norte-americana Claire Liu e conquistou o WTA 250 de Rabat. Trevisan, de 28 anos e 85ª do ranking, marcou as parciais de 6/2 e 6/1 contra a jovem rival de 21 anos em 1h32 de partida neste sábado. O primeiro título título de WTA de Trevisan foi dedicado ao pai, Claudio, de 74 anos.

"Gostaria de dedicar este troféu ao meu pai. Ele não pode me ver neste momento, mas sei que ficaria muito orgulhoso de mim. Ele é um lutador, como eu fui durante esta semana, mas ele luta durante toda a sua vida. Então este troféu é para você, pai", disse Trevisan, durante a cerimônia de premiação.

Natural de Florença, a canhota italiana foi uma juvenil de bom nível entre 2008 e 2009. Mas quando tinha 16 anos, em 2010, parou de jogar tênis. Naquela época, seu pai havia sido diagnosticado com uma doença degenerativa. A tenista quatro anos longe do esporte, enquanto lutava contra distúrbios emocionais e alimentares, chegando a desenvolver um quadro de anorexia.

O retorno de Trevisan ao tênis foi disputando os torneios de menor nível do circuito profissional, ainda em 2014. Mas somente em 2020, ela conseguiria entrar no top 100, depois de fazer sua melhor participação em um Grand Slam, chegando às quartas de final de Roland Garros. Já no ano passado, ela atingiu o 66º lugar, a melhor marca de sua carreira.

Durante a campanha para o título em Rabat, Trevisan eliminou a número 10 do mundo e principal cabeça de chave Garbiñe Muguruza, ainda pelas oitavas de final. Ela também se torna a quarta vencedora italiana nos torneios marroquinos da WTA. A primeira foi Rita Grande, na ciddade de Casablanca em 2003. Alberta Brianti venceu em Fes na temporada de 2011. Dois anos depois, Francesca Schiavone foi campeã em Marrakech.

Já a vice-campeã Claire Liu havia vencido oito jogos seguidos nas últimas duas semanas. A norte-americana, que ocupa atualmente o 92º lugar do ranking, vinha de título no WTA 125 de Paris na semana passada, tendo superado a brasileira Beatriz Haddad Maia na decisão. O melhor ranking de sua carreira é a 83ª posição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva