Notícias | Outros
Tênis na Lagoa faz 18 anos com torneio e festa
28/05/2022 às 13h19
Rio de Janeiro (RJ) - O projeto Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges,  completa 18 anos de existência neste mês de maio . Para celebrar o projeto social mais longevo do esporte no Rio de Janeiro e que atende atualmente 160 crianças e adolescentes e mais de 4 mil em toda a sua trajetória, serão realizados um torneio comemorativo e uma festa.

O torneio será disputado neste sábado à tarde no Clube Marapendi, na Barra da Tijuca. Entre os destaques dos atletas na disputa estão Antonio Vitor, campeão no último final de semana da categoria 16 anos da 5ª etapa do Circuito Estadual da TênisRJ, na Barra da Tijuca, Paulo Dietrich, além de Giovanna do Nascimento.

Os campeões receberão suas medalhas no domingo, dia 5 de junho, o dia da festa na quadra situada na Lagoa Rodrigo e Freitas (em frente ao Clube Monte Líbano), que contará com toda equipe e atletas. 

"O projeto agora já é maior de idade com 18 anos. Fico muito feliz com a criançada conhecendo o esporte que amo, que é o tênis, se divertindo, tendo essa oportunidade de gostar do esporte, ter a oportunidade de ir ao Rio Open, cinema, teatro, conhecer nosso padrinho Thomaz Koch, uma lenda do esporte. O principal é ter os bons exemplos que o esporte prega. Só tenho a agradecer às pessoas que ao longo desse tempo todo ajudaram o projeto direta ou indiretamente. Quem quiser conhecer mais o projeto siga nossas páginas no instagram @ projetotenisnalagoa", disse Alexandre Borges, coordenador do Tênis na Lagoa.

O projeto Tênis na Lagoa está vendendo as blusas "Eu Apoio"  no valor de R$ 50 para arrecadar fundos.
 
Sobre o Projeto Tênis na Lagoa
 
Fundado em 2004 por Alexandre Borges, professor e apaixonado por tênis desde a infância, o Projeto Tênis na Lagoa - Instituto Mirania Gomes Borges surgiu inicialmente como uma iniciativa particular para atender crianças e adolescentes de comunidades carentes do Rio de Janeiro. Em 2020, o projeto tornou-se Instituto Mirania Gomes Borges em homenagem à mãe de Alexandre.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio da prática esportiva, o projeto utiliza as quadras públicas localizadas em frente ao Clube Monte Líbano, na Lagoa Rodrigo de Freitas. Teve início assim a oferta gratuita de aulas de tênis para a população em vulnerabilidade social da região.

Tendo como princípios a construção coletiva, o respeito à diversidade, a educação integral e a autonomia, o Tênis na Lagoa começou atendendo inicialmente cerca de 60 crianças de comunidades próximas.

Hoje, mais de 160 crianças e adolescentes são atendidos pelo projeto, não apenas com aulas de tênis, mas acompanhamento psicológico, aulas de inglês e yoga, passeios educativos, entre outras atividades. Aqueles que se destacam têm ainda a oportunidade de integrar a equipe de competição, representando o Tênis na Lagoa em viagens pelo país e até pelo mundo.

Atualmente, Alexandre conta com a ajuda de sua esposa, Paula Borges, um grupo de voluntários e alguns apoiadores conhecidos, como o ex-tenista Thomaz Koch, padrinho do projeto desde a sua fundação. Dezoito anos após o início das atividades, 4.000 crianças já tiveram sua vida impactada pelo Tênis na Lagoa.
 
O Projeto Tênis na Lagoa atende crianças e adolescentes das comunidades carentes da Rocinha, Vidigal, Cruzada, Cantagalo, Tabajara, Pavão-Pavãozinho, Rio das Pedras, Muzema entre outros na capital carioca.
 
Muito além de forehands e backhands, o objetivo do projeto é proporcionar a melhoria na qualidade de vida e o desenvolvimento integral de pessoas em vulnerabilidade social por meio da força de transformação do esporte.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva