Notícias | Dia a dia
Sabalenka e Alexandrova decidem título na grama
11/06/2022 às 10h33

Alexandrova tenta conquistar seu segundo título de WTA e o primeiro na grama

Foto: Libema Open

's-Hertogenbosch (Holanda) - Em um dos poucos torneios da temporada de grama com a presença de tenistas da Rússia e Belarus, Aryna Sabalenka e Ekaterina Alexandrova vão decidir o título do WTA 250 de 's-Hertogenbosch, na Holanda. E ambas tentam conquistar um torneio na grama pela primeira vez na carreira. A final está marcada para às 7h (de Brasília) deste domingo.

Principal cabeça de chave do torneio e número 6 do mundo, Sabalenka venceu neste sábado a norte-americana Shelby Rogers por 7/6 (8-6) e 6/0. A jogadora de 24 anos tem 10 títulos no circuito da WTA, o último conquistado no ano passado, nas quadras de saibro de Madri. Na atual temporada, ficou com o vice em Stuttgart. A bielorrussa tem apenas uma final na grama em sua carreira, alcançada em 2018 em Eastbourne.

"Foi um grande jogo. Ela me pressionou muito e jogou muito bem, especialmente no primeiro set", disse Sabalenka após a partida. Ela também já projetou a final do torneio. "Será um jogo de muita potência. Ela é uma jogadora muito agressiva e que bate muito forte na bola. Então será um jogo muito rápido e espero que os fãs curtam. Eu só estive em uma final na grama na minha carreira e estou ansiosa para o jogo de amanhã, darei o meu melhor".

Já Alexandrova, de 27 anos e 30ª do ranking, venceu um duelo russo na semifinal. Ela superou Veronika Kudermetova, 24ª colocada, por 6/3 e 6/1. Ela tem apenas um título conquistado no piso duro de Shenzhen no início de 2020 e disputou outras duas finais no circuito, ambas em quadras cobertas, a primeira ainda em 2018 em Linz e a última no ano passado em Moscou.

O histórico de confrontos entre Sabalenka e Alexandrova está empatado por 2 a 2, com a russa tendo vencido o duelo mais recente, disputado em Moscou. Ex-número 2 do mundo, Sabalenka está ganhando mais uma posição com a vaga na final do torneio holandês e pode terminar a semana na terceira posição em caso de título. Já Alexandrova está ganhando duas posições e pode subir mais uma se for campeã.

"É sempre bom estar numa final, especialmente aqui no primeiro torneio na relva", comentou Alexandrova, que tem oito vitórias contra top 10 na carreira, uma delas neste ano. "Eu não esperava estar na final, porque não conseguia sentir tão bem a bola nesse piso nas minhas primeiras partidas da semana, mas estou feliz por ter encontrado meu jogo aqui. "

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva