Notícias | Dia a dia
Ostapenko: 'Meu nível era muito maior que o dela'
14/06/2022 às 21h53

Ostapenko liderava por 6/2 e 5/1, mas só conseguiu fechar o jogo no terceiro set

Foto: LTA

Birmingham (Inglaterra) - Principal cabeça de chave do WTA 250 de Birmingham, Jelena Ostapenko teve altos e baixos na partida desta terça-feira contra a canadense Rebecca Marino. Depois de vencer o primeiro set e abrir grande vantagem no segundo, a letã permitiu a reação da adversária, mas conseguiu fechar a disputa com parciais de 6/2, 5/7 e 6/3 em 2h. Na entrevista em quadra, a atual 16ª do ranking não se mostrou impressionada com o nível de tênis de Marino, afirmando que precisou lutar consigo mesma para conseguir a vitória.

"Eu fui a minha maior adversária hoje. Joguei muito bem até os 6/2 e 5/1, ela não fez nada e não mudou nada no jogo até aquele momento. Então comecei a lutar comigo mesma e a errar algumas bolas. Estou muito feliz porque o meu nível hoje era muito maior que o dela e mostrei isso", disse Ostapenko logo após a partida contra Marino, 107ª do ranking. "Não foi uma das minhas melhores partidas, acho que se eu jogasse melhor, seria muito mais fácil para mim".

Durante a partida, Marino disparou nove aces e Ostapenko teve que se adaptar aos saques da adversária. "O mais importante era prestar atenção no saque dela, porque quando entrávamos nos ralis, eu conseguia vencer 95% dos pontos. O desafio era devolver bem os saque, mas já estou acostumada com isso, porque jogo contra grandes sacadoras como a [Karolina] Pliskova, por exemplo".

"Foi difícil também vencer alguns games no meu próprio saque também, porque as porcentagens de primeiro serviço não estavam boas, mas vou trabalhar nisso e acho que o próximo jogo vai ser melhor", complementou a letã, que nas oitavas de final enfrentará a ucraniana Dayana Yastremska, 79ª do ranking. O confronto é inédito no circuito e acontecerá apenas na quinta-feira.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva