Notícias | Dia a dia
Zverev vê US Open difícil e deve voltar só na Davis
11/08/2022 às 10h57

Hamburgo (Alemanha) - Afastado das quadras desde a desistência na semifinal de Roland Garros, na qual sofreu uma grave lesão no tornozelo, o alemão Alexander Zverev dificilmente deverá voltar a tempo de disputar o US Open deste ano. Pelo menos é o que acredita o próprio tenista, que nesta quinta-feira falou com a imprensa sobre sua recuperação.

“Claro que ainda vou tentar fazer de tudo para jogar o US Open, embora esteja perto demais”, disse Zverev, que já está de volta às quadras e treinando duro . O alemão revelou que o processo de recuperação está mais longe do que os médicos esperavam e que pretende tomar uma decisão sobre sua ida a Nova York em no máximo 10 dias.

“Se fosse um torneio melhor de três sets, eu poderia dizer que estou pronto. Mas por ser melhor de cinco é difícil. Estou ficando melhor a cada dia, é por isso que não quero dizer ainda que não vou conseguir jogar no US Open”, acrescentou o atual número 2 do mundo.

Caso não consiga alcançar um bom nível a tempo de disputar o último Slam do ano, Zverev quer estar de volta ao circuito na fase de grupos da Copa Davis, que acontece em Hamburgo entre os dias 13 e 18 de setembro. Jogando em casa, sua equipe enfrentará França, Bélgica e Austrália por uma vaga nas finais da competição.

"Não há nada melhor do que jogar em frente em um estádio lotado. Sou um grande fã de eventos de equipe. Normalmente, o tênis é um esporte individual, mas sei de muitos colegas que realmente esperam ansiosamente pela semana da Copa Davis a cada ano. Podemos finalmente passar algum tempo juntos, treinando juntos e nos divertimos. Tudo isso faz parte”, finalizou Zverev.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva