Notícias | Dia a dia
Hurkacz vira o jogo e disputa sua 2ª final de Masters
13/08/2022 às 18h21

Hurkacz tem cinco títulos no circuito da ATP e venceu todas as cinco finais que disputou

Foto: National Bank Open

Montréal (Canadá) - Pela segunda vez em sua carreira profissional, Hubert Hurkacz disputará uma final de Masters 1000. Campeão em Miami na temporada passada, o polonês de 25 anos e número 10 do mundo chega também à decisão em Montréal. Hurkacz venceu neste sábado o norueguês Casper Ruud, sétimo do ranking, por 5/7, 6/3 e 6/2 em 2h02 de partida.

Hurkacz tem cinco títulos no circuito da ATP e venceu todas as cinco finais que disputou. Em 2022, ele já venceu o torneio de Halle, na grama. De quebra, o polonês também igualou o retrospecto contra Ruud no circuito, agora com uma vitória para cada lado. Eles já haviam se enfrentado este ano em Roland Garros e o norueguês levou a melhor.

O adversário de Hurkacz na final de Montréal, marcada para às 17h (de Brasília) deste domingo, virá da partida entre o espanhol Pablo Carreño Busta, 23º do ranking, e o britânico Daniel Evans, 39º colocado. O polonês tem uma vitória e uma derrota tanto Evans quanto contra Carreño Busta.

A campanha até a final ainda não muda o ranking de Hurkacz, que está uma posição abaixo da melhor marca da carreira. Mas se ele for campeão, chegará ao inédito oitavo lugar. Por sua vez, Ruud está ganhando duas posições e voltará ao top 5 depois de dois meses. O norueguês de 23 anos e dono de nove títulos de ATP ainda persegue seu primeiro Masters 1000.

O equilibrado primeiro set da partida teve 17 bolas vencedoras para cada lado e apenas 11 erros não-forçados no total, só quatro para Ruud e sete para Hurkacz. O polonês largou com 3/0, mas permitiu o empate no sexto game. E mesmo disparando 11 aces no set, ele voltaria a sofrer uma quebra no penúltimo game da parcial. Destaque também para o excelente desempenho de Ruud nos pontos jogados com seu primeiro serviço, 95%, vencendo 20 dos 21 pontos disputados nessas condições.

Logo na abertura do segundo set, Ruud conseguiu uma nova quebra de serviço, mas Hurkacz buscou a igualdade de imediato. Cada mais seguro em seus games de saque, o polonês não sofreria mais quebras até o final do jogo. Ele voltou a quebrar Ruud para fazer 4/2 no segundo set e escapou de dois break-points antes de fechar o segundo set.

Já na parcial decisiva, Hurkacz conseguiu duas novas quebras e se manteve firme no saque, com apenas seis pontos perdidos em seus games de saque, sendo somente dois com o primeiro serviço em quadra. Ele chegou a enfrentar um break-point na reta final da partida e terminou o jogo vencendo disputas importantes junto à rede. Hurkacz liderou a estatística de winners por 47 a 32 e cometeu 19 erros não-forçados contra 16 do rival.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva