Notícias | Dia a dia
Mannarino fatura seu segundo título e volta ao top 50
27/08/2022 às 20h35

Winston-Salem (EUA) - Em sua primeira final desde 2020, o francês Adrian Mannarino levou a melhor sobre o sérvio Laslo Djere e comemorou, neste sábado, a conquista do ATP 250 de Winston-Salem, vencendo a decisão por 2 sets a 0, com o placar final de 7/6 (7-1) e 6/4, após 1h44 de disputa.

Com a campanha desta semana, Mannarino não apenas levará uma premiação de US$ 100,475, mas também subirá bem no ranking, ganhando 20 colocações e voltando ao top 50. O francês será o 45º do mundo na próxima segunda-feira, ainda distante do 22º lugar, o mais alto da carreira até então.

Esta foi a segunda conquista do francês de 34 anos, que antes havia triunfado também na grama de 's-Hertogenbosch, em 2019. Ao todo, Mannarino tem 11 finais, com dois títulos e nove vice-campeonatos. Do outro lado, Djere tem agora dois títulos e dois vices.

Responsável pela eliminação do cabeça de chave 2, o holandês Botic van de Zandschulp, nas semifinais, Mannarino também derrubou o nono favorito Emil Ruusuvuori (segunda rodada), o oitavo pré-classificado Albert Ramos (oitavas) e o quarto mais bem cotado Maxime Cressy (quartas).



Na final, o veterano francês saiu atrás, levou uma quebra no terceiro game e viu Djere chegar a abrir 4/2. Porém, ele devolveu o break no oitavo e levou depois a definição para o tieberak, em que foi dominante e cedeu apenas um ponto ao rival sérvio.

A segunda parcial foi também decidida em alguns pontos importantes. Mannarino foi firme com o saque e não enfrentou um break-point sequer contra. Ele conseguiu pressionar Djere duas vezes, quebrou no sétimo game e perdeu um match-point no nono, mas na sequência serviu para fechar e selou a vitória.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva