Notícias | Dia a dia
Challenger de Campinas chega à 12ª edição
13/09/2022 às 21h19

Sebastian Baez, da Argentina, atual campeão do torneio.

Foto: ©João Pires/Fotojump

Campinas (SP) – Após percorrer diferentes regiões do país, o Instituto Sports encerra o seu calendário anual com a realização da 12ª edição do Campeonato Internacional de Tênis, o mais tradicional torneio do Brasil. O evento da série Challenger 80 acontece entre 2 e 9 de outubro na Sociedade Hípica de Campinas e conta com o patrocínio do Santander Brasil. Com premiação total de US$ 53,1 mil (R$ 272 mil na cotação atual), a competição contabiliza pontos importantes para o ranking da ATP e reunirá talentos de diversas partes do mundo.

Ao longo da última década, o ATP Challenger de Campinas se firmou como o principal torneio da turnê sul-americana de saibro da série e fruto disso é a elevada quantidade de participantes que hoje brilham no grupo dos 100 e até 50 melhores do circuito. Nelson Aerts, presidente do Instituto Sports, destaca o amadurecimento e consolidação do evento no calendário do tênis, um reconhecimento notado pelos jogadores e ATP.

"Assim como todo o circuito Challenger, o Campeonato Internacional de Tênis tem crescido e se estruturado cada vez mais para oferecer uma experiência melhor aos jogadores e fãs. Segundo a própria ATP, este é um torneio referência em termos de organização para todas as competições deste porte na América do Sul, o que tem nos permitido receber e apresentar grandes jogadores ao público em Campinas, por vezes em início de carreira ou em recuperação após atingir o topo", avalia Aerts, citando o argentino Diego Schwartzman, o brasileiro Thomaz Bellucci e o uruguaio Pablo Cuevas como exemplos.

Ao longo de 11 edições, Campinas ajudou personagens antes anônimos a pavimentar seu caminho rumo à elite do circuito. Para começar, o próprio Schwartzman se tornou uma espécie de queridinho do público na Hípica, que pôde acompanhar o crescimento de "El Peque" quando se aventurava nos Challengers, muito antes de ser nº 8 do mundo (em 2020).

Quem também saboreou o gostinho de título em Campinas foi Francisco Cerundolo, hoje campeão de ATP e top 30. A série de talentos argentinos não para por aí. Sebastian Baez, ao vencer no saibro campineiro na temporada passada, se tornou o mais jovem jogador da história a erguer seis troféus de Challenger em um mesmo ano. As revelações sul-americanas também incluem o chileno Christian Garin, campeão de Campinas (2018) e que rapidamente chegou ao top 20 do ranking e neste ano atingiu a fase de quartas de final de Wimbledon.

O tênis brasileiro, por sua vez, obteve seu maior prestígio na chave de simples, em 2013, com o título do gaúcho Guilherme Clezar. A história do torneio também é compartilhada por importantes nomes do tênis nacional do passado, jogadores que representaram o país em Copa Davis e/ou Grand Slam, como Ricardo Mello, Rogério Dutra Silva, Thiago Alves, André Ghem, Júlio Silva, Caio Zampieri, Leonardo Kirche. Já as mais novas gerações têm encontrado em Campinas a oportunidade de experimentar e se testar em um nível mais alto de jogo, buscando novos desafios e as primeiras vitórias contra jogadores do top 100.

Galeria de campeões - Campeonato Internacional de Tênis:

2021 – Sebastian Baez (ARG)

2020 – Francisco Cerundolo (ARG)

2019 – Juan Pablo Varillas (PER)

2018 – Christian Garin (CHI)

2017 – Gastão Elias (POR)

2016 – Facundo Bagnis (ARG)

2015 – Facundo Arguello (ARG)

2014 – Diego Schwartzman (ARG)

2013 – Guilherme Clezar (BRA)

2012 – Guido Pella (ARG)

2011 – Maximo Gonzalez (ARG)

Serviços:
Campeonato Internacional de Tênis 2022 – ATP Challenger 80
Data: 02 a 09 de outubro
Sede: Sociedade Hípica de Campinas
Rua Buriti, s/no (Estrada de Souzas) - Jardim das Palmeiras
Entrada Gratuita

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva