Notícias | Dia a dia
Halep anuncia que só volta a jogar no ano que vem
15/09/2022 às 18h37

Halep conquistou dois títulos na temporada e voltou ao top 10 do ranking

Foto: Arquivo

Bucareste (Romênia) - Depois de precisar fazer uma cirurgia no nariz, com o intuito de melhorar a respiração, Simona Halep fez um novo anúncio nesta quinta-feira nas redes sociais. A romena de 30 anos e atual número 9 do ranking explicou que só terá condições de voltar a jogar em 2023.

Halep começou a temporada ocupando o 20º lugar do ranking e chegou a cair para a 27ª posição em fevereiro. A romena estabeleceu como meta voltar ao top 10, algo que ela conseguiu em agosto, depois de vencer o WTA 1000 de Toronto. No início do ano, também foi campeã de um 250 em Melbourne.

"Minha temporada de 2022 acabou" escreveu Halep, em suas redes sociais. "Foi um ano interessante e que aconteceu de tudo! Vejo vocês na quadra em 2023. Sinto que ainda tenho muito o que fazer no tênis e ainda tenho os mesmos objetivos".

No mesmo post na quinta-feira, a ex-número 1 também admitiu que "estava muito perto de encerrar a carreira em fevereiro", porque acreditava que "não teria mais forças para voltar ao top 10". Dois meses depois, ela anunciou Patrick Mouratoglou como seu treinador em tempo integral depois de passar algum tempo em sua academia.

"Tive a sorte de descobrir a academia do Patrick. Foi graças a ele que aos poucos eu comecei a acreditar que ainda posso jogar um bom nível de tênis. Meu objetivo era claro: Eu teria um ano para voltar ao Top 10. Foi por isso que eu fiz tantas mudanças no meu time, porque eu sentia que era a coisa certa a fazer", acrescentou a romena.

Halep lembra que teve uma crise de pânico durante Roland Garros: "Aquele foi um momento muito difícil, porque eu sempre coloco muita pressão sobre mim mesma e, tendo o melhor técnico ao meu lado eu sentia que precisava jogar ainda melhor, mas não consegui suportar a pressão. Então, conversei com Patrick e disse a ele que precisaria relaxar e ser mais paciente. Ele me ouviu, concordou e me apoiou 100%. E depois disso, joguei meu melhor tênis, voltei ao top 10 e cumpri minha meta".

"Mas quando perdi na primeira rodada do US Open, percebi que estou completamente exausta mentalmente. Tendo problemas respiratórios há muitos anos e isso piorando com o tempo. Decidi seguir os conselhos dos meus médicos e fazer a cirurgia necessária", acrescentou a vencedora de dois Grand Slam e 24 torneios no circuito. "Eu nunca pude fazer isso antes porque eu precisaria de três meses para me recuperar e o tênis é a prioridade na minha vida, mas senti que agora era a hora certa a fazer".

A jogadora também explicou que um fator estético também contribuiu com a decisão. "Esse era uma cirurgia que eu queria fazer há muito tempo. Eu nunca gostei do meu nariz, então resolvi a parte funcional e também a estética. Não sei quanto tempo será necessário para a recuperação, mas estou certa de que este ano eu não jogo mais em nenhum torneio oficial".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva