Notícias | Dia a dia
Osaka desiste e Bia avança às quartas sem jogar
22/09/2022 às 06h08

Bia enfrentará a russa Veronika Kudermetova em busca de uma vaga na semifinal

Foto: Toray Pan Pacific Open

Tóquio (Japão) - Apesar da grande expectativa do público, o confronto entre Beatriz Haddad Maia e Naomi Osaka pelas oitavas de final do WTA 500 de Tóquio não pôde ser realizado. Osaka se retirou da competição por motivo de doença, citando dores abdominais, e com isso Bia avança diretamente às quartas.

"Sinto muito por não poder competir hoje. É uma honra jogar em Tóquio, diante dos fãs incríveis que temos aqui no Japão", disse Naomi Osaka, em comunicado à imprensa. A japonesa tem três finais no torneio e um título em 2019, quando a edição foi transferida para a cidade de Osaka, enquanto o complexo de tênis da capital era reformado para os Jogos Olímpicos. 

"Este sempre foi um torneio especial para mim e eu gostaria de ter entrado em quadra hoje, mas meu corpo não me permitiu. Agradeço a todos pelo apoio e vejo vocês no ano que vem", acrescentou a ex-número 1 do mundo e que aparece atualmente no 48° lugar do ranking. 

Com a chegada às quartas, Bia já garante 100 pontos no ranking. A número 1 do Brasil e atual 16 do mundo está uma posição abaixo da melhor marca da carreira e provisoriamente está voltando ao top 15, podendo superar seu recorde pessoal se continuar avançando.

A próxima adversária de Bia em Tóquio será a russa Veronika Kudermetova, número 13 do mundo, que precisou de apenas 57 minutos para vencer a mexicana vinda do quali Fernanda Contreras Gomez. O confronto com a russa é inédito no circuito e acontece por volta de 1h30 da manhã (de Brasília) desta sexta-feira.

Pliskova cai nas oitavas, Samsonova desafia Muguruza
Outra ex-número 1 do mundo a se despedir do torneio foi Karolina Pliskova. A tcheca, que ocupa atualmente o 20º lugar do ranking, perdeu por 6/3 e 6/4 para a croata Petra Martic, 46ª colocada, que agora enfrenta a chinesa Shuai Zhang. Já a russa Liudmila Samsonova, número 30 do mundo, bateu a chinesa Xinyu Wang por 7/6 (7-5) e 6/3. Ela será a próxima rival da espanhola Garbiñe Muguruza na competição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva